NEXT CONQUEROR

o blog do Davi Jr.

Pixeletra: evento bateu recordes na Livraria Leitura do Maxi Shopping Jundiaí!

No último dia 06 de abril aconteceu na Livraria Leitura do Maxi Shopping Jundiaí a primeira edição do Pixeletra, evento que uniu os fãs de literatura e video-games, realizado pela World Fabi Books e Ramoniacs em uma inédita parceria com a livraria.
Pixeletra-PNG
Organizado pela Liga N-Blast Jundiaí, o andar de cima da livraria reuniu cerca de 150 fãs de video-game em dois emocionantes torneios de Nintendo 3DS: enquanto os fãs de alta velocidade aceleraram no Torneio de Mario Kart 7, os maiores treinadores da região enfrentaram grandes batalhas no Torneio de Pokémon XY. Os vencedores dos torneios tiveram a honra de levar para casa uma cópia do jogo Yoshi’s New Island, o primeiro grande lançamento first party da Nintendo no ano para seu portátil 3D! Parabéns à Juliano Ishiga, vencedor de Mário Kart 7 e Jonathan Mr.Poké, vencedor de Pokémon XY.
.
Promovendo um emocionante encontro com cinco dos maiores autores brasileiros da literatura nacional, a World Fabi Books trouxe um incrível bate-papo sobre a literatura contemporânea no Brasil, a carreira de escritor e uma emocionante tarde de autógrafos que realizou sonhos de muitos fãs. Estavam presentes Raphael Draccon (Dragões de Éter), Carolina Munhóz (Feérica), Affonso Solano (O Espadachin de Carvão), Marcel Colombo (Al-Aisha e os Esquecidos) e Ana Macedo (Lágrima de Fogo). A área com os autores apresentou picos de mais de 200 pessoas, formando filas que chegaram até a porta da loja.
.
Junto, a área de Pixel mais a área de Letra somaram picos de mais de 300 visitantes, criando, junto dos visitantes casuais da livraria, uma das maiores movimentações que a Leitura já teve desde a sua inauguração no Maxi Shopping! Parabéns a todos que fizeram parte deste evento histórico unindo dois dos principais nichos de cultura pop em um só evento!
.
Confira as fotos do evento:
Techniatto_pixeletra_01 Techniatto_pixeletra_02 Techniatto_pixeletra_03
DSCN0695 DSCN0738 DSCN0747 DSCN0748 DSCN0761 DSCN0762 DSCN0776 DSCN0782 DSCN0785 DSCN0791

Pixeletra vai unir fãs de games e literatura!

O The Ramoniacs juntamente com o World Fabi Books em parceria com a Livraria Leitura tem o orgulho de anunciar o primeiro Pixeletra que ocorrerá no dia 06 de Abril na Livraria Leitura do Maxi Shopping Jundiaí a partir das 14h. O evento tem o apoio da Cia Techniatto e da Liga N-Blast Jundiaí!

Pixeltra_final

Encontrão Pokémon reuniu mais de 150 fãs no Paineiras Shopping!

No dia 9 de março, foi realizado em Jundiaí o Encontrão Pokémon promovido pela Boomer Brinquedos e o Paineiras Shopping. Com o apoio da Liga Nintendo Blast Jundiaí, foram realizados torneios de Pokémon Trading Card Game e Pokémon XY no Nintendo 3DS.

Reunindo mais de 150 fãs de todas as idades o evento foi um sucesso, atraindo, inclusive, jogadores de São Paulo. Cheio de prêmios  brindes aos participantes e uma grande performance dos competidores. Com o sucesso do evento, o Paineiras Shopping e a Boomer Brinquedos já preparam uma nova edição do evento, com muitas novidades.

Encontrão 1

Encontrão-Pokémon

 

DSC_0140 DSC_0144 DSC_0250

Melly, 3º lugar do Torneio de Pokémon 3DS.

Melly, 3º lugar do Torneio de Pokémon 3DS.

Fê, 2º lugar do Torneio de Pokémon 3DS.

Fê, 2º lugar do Torneio de Pokémon 3DS.

Christian, vencedor do Torneio de Pokémon 3DS.

Christian, vencedor do Torneio de Pokémon 3DS.

Matheus, Kaique e Alexandra, vencedores do Toneio de Pokémon TCG.

Matheus, Kaique e Alexandra, vencedores do Toneio de Pokémon TCG.

RESENHA: Thor – O Mundo Sombrio

Colhendo os frutos de uma bem sucedida fase de grandes blockbusters no cinema, Thor – O Mundo Sombrio, veio como a carta coringa do estúdio para intensificar os elementos semeados em filmes anteriores e criar expectativas para as futuras produções.

Thor-dark-world-2

UM ESTÚDIO CHAMADO MARVEL

Só a Marvel Studios consegue ser a Marvel Studios. Com uma capacidade criativa capaz de unir o público casual e hard-core das histórias em quadrinhos no cinema, A Marvel Studios conseguiu renovar e quebrar os paradigmas de receio que cada nova produção de Hollywood causava nos fãs de quadrinhos após os sucessivos fracassos de crítica que outros estúdios faziam com seus heróis.

Como resposta a produções imediatistas, o projeto Vingadores conseguiu reunir em 6 filmes toda a magia e, principalmente, trabalhar a espectativa do fã, característica marcando de toda histórias em quadrinhos em qualquer parte do globo.

O que fazer depois de Vingadores (leia a resenha aqui) era a grande questão. Se o início conturbado de uma segunda fase para o estúdio veio com a estreia de um despreocupado Homem de Ferro 3 (leia a resenha aqui), foi o segundo filme do Thor que tornou possível uma projeção de algo muito maior e muito mais conciso dentro de um universo que tem muito a oferecer e muito a se expandir.

A BASE: THOR E LOKI

Se em Homem de Ferro 3 os produtores pareceram meio preocupados de onde começar e para onde levar o herói, se apoiando em seu contexto, Thor – O Mundo Sombrio soube se aproveitar como nenhum outro filme da Marvel Studios da grande base do universo Marvel que tanto cativa públicos de gerações em gerações: a humanidade dos personagens.

É o choque de crenças entre os irmãos que dá vida ao filme!

É o choque de crenças entre os irmãos que dá vida ao filme!

Parece difuso a humanidade estar latente em um filme que tem deuses como temática, porém essa proximidade entre mortais e imortais que sempre conduziu as mitologias mais antigas e as solidificou para serem contadas e recontadas por toda eternidade. Sendo assim, para que a Marvel se concentrar em disputas de poder, se o que realmente interessa é o que restou da irmandade de Thor e Loki?

Se no primeiro filme do Thor (leia a resenha aqui), o relacionamento, a disputa, a inveja entre irmãos e o relacionamento com o pai tornou o filme rico de mensagens e moralmente reflexivo, é exatamente a quebra dos laços entre os personagens que sustenta toda a trama do segundo filme, fazendo os novos vilões parecerem desnecessários.

DESENVOLVENDO A TRAMA

Depois dos acontecimentos de Thor e Os Vingadores, Thor (Chris Hemsworth) luta para restaurar a ordem em todo o cosmo. Mas uma raça antiga de Elfos Negros, liderada pelo vingativo Malekith (Christopher Eccleston), um inimigo sombrio que antecede o próprio universo, e seu braço-direito, o jovem porém cruel Algrim (Adewale Akinnuoye-Agbaje), retorna para afundar novamente o universo em trevas.

Mais maduro, Thor pede os conselhos de Odin para saber como agir.

Mais maduro, Thor pede os conselhos de Odin antes de agir.

Diante de um inimigo que nem Odin (Anthony Hopkins) e nem seu reino Asgard podem combater, Thor deve embarcar em sua viagem mais perigosa e pessoal, que o reunirá com Jane Foster (Natalie Portman), que está possuída por um elemento superpoderoso chamado Éter, cobiçado pelos Elfos Negros, e o forçará a sacrificar tudo para salvar a todos. Thor terá que reconstruir Asgard, reunindo um exército para a batalha contra os Elfos Negros. Mas a única maneira de ele poder fazer isso é indo para o Mundo das Trevas, e a única pessoa que tem acesso para o lado negro de Asgard é seu irmão mais novo Loki (Tom Hiddleston), que está trancado em uma prisão.
Com a batalha se aproximando, Thor tem que negociar uma trégua com Loki. Thor, Loki e Jane embarcam em uma missão que pode definir o futuro dos Nove Reinos.

Com um enredo que tentou valorizar a participação de Natalie Portman, reunindo todos os personagens do primeiro filme e uma perfeita sincronia de acontecimentos, a produção acerta em cheio também a medida que conceitua Thor como um herói de grandes feitos, sendo o ponto chave de todo o desenvolvimento do universo criado pela Marvel Studios.

Loki é o maior destaque do filme!

Loki é o maior destaque do filme!

Até mesmo a localização da história na Inglaterra facilitou as possíveis “desculpas” para a necessidade de mais Vingadores no filme. Elevado a projeções de alto impacto, as batalhas, sejam elas na Terra ou em Asgard, em grupo ou em atuações solo, valorizaram o universo da trama e mostrou como Chris Hemsworth encarna o personagem como sempre o tivesse vivido.

Tão grandiosa foi a atuação de Tom Hiddleston. O drama da dualidade do personagem Loki colocou o ator em situações que variavam do cômico ao trágico, desenvolvendo o personagem cada vez mais e, ao que parece, tentando criar um rival de peso para o vilão Coringa dos filmes do Batman, até então, o único vilão das comics americanas capaz de rivalizar sua popularidade com outros heróis.

O drama de Loki, somado a trama paralela que a ele se desenvolve, incluindo uma das mais belas cenas envolvendo René Russo no papel de Friga, esposa de Odin e mãe adotiva de Loki, cria um ponto chave no filme que certamente será um dos elementos que guiarão todos os próximos filmes da Marvel Studios.

PELAS BARBAS DE ODIN!

Icônico, reflexivo, dinâmico, bem construído e bem desenvolvido. Thor – O Mundo Sombrio é (com o perdão do trocadilho) sem sombras de dúvidas o melhor filme da Marvel Studios, superando até mesmo o próprio filme dos Vingadores.

Todas as tramas se fundem em uma só ao final do filme!

Todas as tramas se fundem em uma só ao final do filme!

Se a primira fase das produções do estúdio criou todo um público e uma vrdadeira legião de fãs, o segundo longa do deus do trovão entregou aos fãs algumas das principais premissas em continuações que faltam na grande maioria dos blockbuster: respeito ao fã, liberdade criativa inteligente e espaço para os atores mitificarem seu talento dentro de um universo que jamais deixará de crescer.

RESENHA: Batman e Superman: Apocalipse (Warner Premier)

Descobrir quem é você e os porquês de sua existência é uma questão filosófica que rompe as barreiras acadêmicas e se faz realidade em diversos pontos da vida do ser humano, sendo a adolescência a principal delas. Em Batman e Superman: Apocalipse, é a vez de se descobrir quem e porque ser um herói.

Superman_Batman_apocalypse

Não é a toa que Batman, Superman e Mulher Maravilha são os símbolos máximos do tripé que sustenta o universo da cultura dos super-heróis. Enquanto o Homem de Aço e o Homem Morcego se contrapõe com os ideais de razão e emoção que sempre moveu as artes e a literatura, é a crença da princesa de Themyscera que encontra o ponto ideal a disputa de gêneros.

A união dos três heróis, em aborgens bem inteligentes, não poderia formar um filme melhor que Batman e Superman: Apocalipse que apenas peca em seu título: além de cortar a Mulher-Maravilha, ponto-cahve da trama, o título não reflete em nada o seu enredo: o nascimento da Supergirl.

Caída junto de um meteóro em Gothan logo após o impeachmente de Lex Luthor, Kara Zor-El rapidamente aprende a lingua terrestre e passa a ser apresentada a Terra quando Superman descobre que, assim como ele, sua prima foi salva da explosão de Kripton.

Apesar do título, Kara, a Supergirl, é a protagonista do filme.

Apesar do título, Kara, a Supergirl, é a protagonista do filme.

Se a garota logo adota a vida de uma adolescente comum fazendo compras com Clark Kent, Batman não crê que ignorar os poderes de Kara (que potencialmente, segundo o Morcegão, pode superar os de Superman) seja a melhor escolha, o que o faz convocar a Mulher-Maravilha como tutora da garota.

Enquanto decidem o futuro de Kara, que se sente incomodada com a falta de liberdade que ela tem com a decisão de seu destino, Darkseid, o vilão máximo da DC Comics envia um exército de clones do vilão Apokalipse (aquele que matou o Superman, leia a resenha clicando aqui) como isca para raptar a garota kriptoniana.

Com uma animação fluída e original que usa como base os traços do seriado da Liga da Justiça, mas foge do senso comum, se aproximando muito mais do traço de animes, o filme explora muito bem todos os cenários criados, além de dar o peso necessário ao trabalho de cada herói.

Juntar a tríade dos maiores heróis de todos os tempos é sempre sucesso garantido!

Juntar a tríade dos maiores heróis de todos os tempos é sempre sucesso garantido!

A maneira como Kara conhece o mundo dos heróis e o seu medo de se tornar uma “campeã”, como ela chama o primo, faz da essência do filme uma profunda reflexão de como ´o conflito de gerações e como os erros de ambas as partes sempre levam o ser para o melhor caminho quando estes se livram de propósitos egoístas e deixam que o melhor que há em cada um desperte no tempo certo.

RESENHA: Mulher-Maravilha (Warner Premier)

Todos conhecem o mito. Todos conhecem a beleza. Todos conhecem a lenda. Mas são poucos aqueles que conhecem a verdadeiro Mulher-Maravilha. É por isso que numa jogada invejável, a Warner Premier criou uma animação que poderia, muito bem, ser a base de um longa metragem arrasa quarteirões dos cinemas!

WonderWoman_-warner-Premiere

Mesmo entre os fãs dos quadrinhos, muitos personagens ficam perdidos a tantas abordagens realizadas deles durante suas décadas de existência. Fenômeno nos anos 40 e até hoje a principal representante feminina do mundo dos super-heróis, a Mulher Maravilha é um desses casos, onde sem nem saber exatamente o porquê, os fãs a admiram como uma grande personagem.

Todos conhecem a origem kriptoniana do Superman ou como o assassinato dos pais de Bruce Wayne fizeram nascer o Batman. Mas e a Mulher-Maravilha? Ser princesa de uma ilha de amazonas é uma origem que basta? Apenas citada nas mídias fora dos quadrinhos, nunca foi abordada como é a Diana da Ilha de Themyscera.

Prevendo os moldes de Superman – Homem de Aço, o longa animado lançado para vídeo da Mulher Maravilha contou a origem da heróina e apresentou um de seus vilões num formato invejável até mesmo para Hollywood.

Mulher-Maravilha-movie-Animation-2

Ambientando o espectados nas ilhas gregas mitológicas, a história se inicia com a Rainha Hipólita lutando contra Ares, deus da Guerra que desobeceu o pedido de Zeus de haver uma trégua entre deuses e amazonas, culminando no nascimento da Ilha de Themyscera, local onde aquelas que lá morassem ganhariam a vida e a juventude eterna.

O nascimento de Diana, nascida da areia da ilha, é um presente de Hera, atendendo aos pedidos de Hipólita de ter uma filha amazona. Porém, ao crescer, Diana começa a questionar o motivo da ilha ter se afastado por tantos séculos do mundo comum o que cria um conflito em mãe e filha.

Com a queda acidental do avião do militar Steve Trevor na ilha, Diana parte para Nova Iorque, enquanto a traição de uma das amazonas liberta Ares de seu calabouço e desperta uma guerra entre seres mitológicos e amazonas.

Apresentando o universo da Mulher-Maravilha de maneira fluída e convincente, aos poucos o espectador vai se habituando ao laço da verdade e ao jato invisível ao mesmo tempo que o conflito entre as crenças de Diana e o jeito mulherengo de Steve vem a tona.

Um ótimo desenvolvimento de personagens, ação e enredo fazem o filme um dos melhores da Warner Premiere!

Um ótimo desenvolvimento de personagens, ação e enredo fazem o filme um dos melhores da Warner Premiere!

Encerrando de maneira épica e cheia de combates alucinantes, o filme acerta em tudo que se propõe, mostrando-se um formato ideal para a já tardia inserção da heroína nos cinemas.

Parada Cosplay levou os maiores heróis do planeta à 31ª Festa da Uva de Jundiaí!

Com nove dias das mais variadas atrações de entretenimento, cultura e tradição, a Festa da Uva de Jundiaí, tradicionalmente realizada no Parque Antonio Carbonari na Avenida 9 de Julho, começou sua 31ª edição com muitas atrações voltadas para a família do jundiaiense.

Entre as diversas áreas temáticas dos eventos, diversas intervenções artísticas vão ocorrendo em diversas partes do local do evento, sendo que o destaque da tarde do primeiro sábado, dia 1º de fevereiro, foi a engenhosa Parada Cosplay.

Organizada pela mesma equipe que realizou o evento Jund Comics no Museu Solar do Barão em Novembro de 2013 e apoiada pela Cia de Teatro Techniatto, a atração trouxe heróis, vilões, princesas e diversos personagens dos quadrinhos, cinema, games, animes e mangás para o Parque da Uva, encantando crianças e realizando o sonho de muitos adultos.

Contando com fãs oriundos de Jundiaí e região, além de São Paulo, Guarulhos e Campinas, a parada reuniu cerca de 50 cosplayers que trouxeram a arte de representar seus personagens favoritos em cada canto da Festa da Uva.

Entre os personagens mais famosos, era possível conferir desde os clássicos da Disney, DC e Marvel Comics até fenômenos recentes da cultura pop, como Dragon Ball, Pokémon, Super Mario e o ícone dos anos 90 Os Cavaleiros do Zodíaco.

Divertindo a tudo e a todos, a Parada Cosplay marcou mais uma vez a Festa da Uva, deixando sua arte como atração e sua alegria como a lembrança dos sonhos dos heróis de nossa infância!

Confira abaixo as fotos tiradas pelo fotógrafo Sander Jr:

67881_582750341794101_833014663_n 67892_582748828460919_451023918_n 71550_582750795127389_377029088_n 156988_582751345127334_108920697_n 574621_582751115127357_766915826_n 602281_582746998461102_1439764264_n 923412_582750825127386_519192028_n 999771_582747801794355_1785407715_n 1016386_582747815127687_603671970_n 1016744_582750765127392_626667943_n 1044120_582747985127670_1920425433_n 1450694_582750478460754_84659068_n 1497077_582748161794319_1483449476_n 1505390_582747348461067_1094266080_n 1505390_582749215127547_1171953296_n 1508981_582747625127706_1014406006_n 1509875_582749998460802_1167840119_n 1510969_582750678460734_200749216_n 1511480_582751078460694_541882804_n 1544364_582750591794076_803628020_n 1545669_582750251794110_758560757_n 1546220_582749168460885_1287734273_n 1549566_582748945127574_2052194173_n 1551543_582748131794322_66917893_n 1551543_582749241794211_1730119731_n 1551681_582748608460941_164594058_n 1554371_582749655127503_403532620_n 1558507_582748001794335_39683048_n 1560556_582750448460757_686703488_n 1560560_582751225127346_440640573_n 1560672_582746925127776_951709705_n 1560744_582747955127673_89668012_n 1601033_582749261794209_1684886703_n 1601200_582750018460800_2109424834_n 1604668_582748318460970_624806406_n 1604810_582750561794079_384033717_n 1604810_582750705127398_20608260_n 1604902_582749878460814_1923130753_n 1607077_582750215127447_1918278818_n 1609562_582750108460791_354572834_n 1622837_582750305127438_1073448417_n 1623598_582748725127596_848928934_n 1623728_582748275127641_64171646_n 1625478_582750531794082_776322635_n 1655889_582749428460859_1547234923_n 1655935_582747881794347_773947359_n 1656177_582750391794096_636186283_n 1656319_582750195127449_630407677_n 1662471_582749121794223_1783166361_n 1688228_582749031794232_1317734110_n 1779666_582746968461105_1018391911_n 1779683_582749455127523_301941374_n 1781971_582749361794199_1743375932_n 1795727_582750148460787_800091931_n 1796537_582748648460937_1530576116_n 1796553_582751321794003_1617228351_n 1797581_582749085127560_499484268_n 1797954_582747748461027_285282549_n 1798331_582747598461042_512337144_n 1798452_582747078461094_785250338_n 1798478_582750065127462_933806734_n 1798760_582749538460848_522200223_n 1800376_582751271794008_933827007_n 1800474_582749571794178_1976567650_n 1888535_582750511794084_178567092_n

 

Parada Cosplay vai agitar a 31ª Festa da Uva em Jundiaí!

Realizada pela Prefeitura Municipal, a tradicional Festa da Uva de Jundiaí é uma das principais festas do ano a apresentar os diversos nomes da cultura local, incluindo música, dança e teatro, além de promover grande mostras da viticultura. Agora em 2014, a festa traz uma atração que foi sucesso na edição do último ano: a Parada Cosplay.

Organizada pela mesma equipe do Jund Comics (evento realizado dentro da Virada Cultural Paulista em Jundiaí), a edição da Parada Cosplay pretende trazer os maiores nomes dos animes, mangás, histórias em quadrinhos, video-games e cinema para o Parque da Uva. Por isso anote na sua agenda: próxima dia  01 de fevereiro, da três às cinco horas da tarde, vista seu cosplay e seu junte aos maiores super-heróis da Terra!

Parada-Cosplay-Festa-da-Uva-2014

RESENHA: Anime Dreams 2014 com os shows de Eizo Sakamoto, Ayumi Miyazaki e Takayoshi Tanimoto

Desde que o ser humano começou a organizar seus pensamentos, os sonhos são um tema que sempre despertou curiosidade e admiração das pessoas. Organizando uma edição inesquecível de seu evento mais querido, a Yamato Eventos conquistou a admiração dos fãs com o Anime Dreams 2014!

Anim-Dreams-2014

EVENTO DOS SONHOS

Desde que a Yamato Eventos escolheu a temática dos sonhos para tematizar seu evento de cultura pop japonesa de janeiro, muito da ideologia inicial, como a árvore dos sonhos, ascendeu para um grupo de atividades que misturaram o comum com o desejado.

Se por um lado o Anime Dreams sempre reuniu muitas das atrações de eventos como Anime Friends e o Ressaca Friends, o clima de verão, a sensação de novidade do ano novo e a variedade de atrações sazonais sempre fizeram do evento um verdadeiro sonho realizado.

Como se toda essa filosofia não bastasse, a edição de 2014 fez algo que desde o seu nascimento, no longínquo 2004 parecia improvável: trazer atrações internacionais ao evento!

SUPER FRIENDS SPIRITS FORA DE ÉPOCA

Mesmo que o sonho de ver o Ranger Branco ir por água abaixo no ano anterior, sempre que um novo sonho começava, novas motivações sempre trouxeram novos fãs aos que já foi o terceiro maior evento do Brasil!

As atrações internacionais fervilharam os palcos do Anime Dreams!

As atrações internacionais fervilharam os palcos do Anime Dreams!

E os escolhidos para o novo sonho foi um trio querido pelos fãs e agraciados pelo seu talento e variedade musical.

No sábado, dia 25, Eizo Sakamoto, o rei do Heavy Metal japonês voltou ao Brasil após mais de 6 anos longe do público brasileiro.

Considerado o maior metaleiro do Japão, Eizo é um artista de multiplas facetas, sendo o mundo dos animesong’s um de seus muitos destaques no mundo musical. Ex-membro e um dos idealizadores do JAM Project (maior banda de animesongs do Japão), o cantor praticamente criou um gênero musical com a Animetal, banda em que o cantor interpretava os maiores hits dos animesong’s em ritmo de heavy metal, os quais trouxe com força total ao palco do Anime Dreams junto de Ricardo Cruz (brasileiro membro do JAM Project)!

No domingo, dia 26, foi a dupla Ayume Miyazaki e Takayoshi Tanimoto que agitou o palco principal do evento!

Ayumi Miyazaki cantor e compositor japonês, conhecido no Brasil por seu trabalho em Digimon e muito reconhecido no Japão por suas composições. Dono da voz dos tema de evolução para Digimon Adventure e também para Digimon Frontier, todo o palco digievoluiu ao recordar as marcantes canções do anime.

Ayumi Miyazaki é um dos maiores cantores de trilhas sonoras de anime!

Ayumi Miyazaki é um dos maiores cantores de trilhas sonoras de anime!

Como compositor, compôs temas de Prince of Tenis, Hantaro, Doraemon e muitos outros. Surpreendendo o público ao interpretar os temas de Nana e Dekaranger no palco, o público foi a loucura, saudando um dos cantores mais talentosos do mundo das animesongs!

Ainda no digimundo, Takayoshi Tanimoto começou sua carreira como anime singer com o tema “One Vision” e Digimon Tamers, em 2001. A partir daí, começou a atuar cada vez mais nessa área, cantando temas não só para animes, mas também para games e até propagandas.

Pela primeira vez num evento da Yamato sem estar ao lado de Nobuo Yamada, o cantor pareceu incorporar o espírito do cantor de Pegasus Fantasy ao cantar a abertura de Dragon Ball Kai, Dragon Soul, em um mescla de idiomas, cantando parte em japonês e parte da canção em português!

Seguindo com os temas de Zatch Bell, Gekiranger e, claro, Digimon, a segunda Geni-Dama do palco aconteceu quando o cantor interpretou Yeah! Break! Care! Break! ensinando o público a coreografia do Kame-Hame-Ha!

Tanimoto já entrou nas maiores paradas de sucesso do Japão!

Tanimoto já entrou nas maiores paradas de sucesso do Japão!

E para encerrar o evento com chave de ouro, os dois cantores subiram ao palco fazendo uma justa homenagem ao cantor Kouji Wada, interprete das aberturas das 4 primeiras séries de Digimon, que havia pausado a sua carreira por quase 3 anos devido a um câncer que havia desenvolvido.

Após uma mensagem de esperança, coragem e força de Tanimoto a dupla cantou, junto com Ricardo Cruz (que foi o tradutor das conversas dos cantores com o público) a música Butterfly, tema da primeira série de Digimon, um momento de muita emoção que marcou para sempre o coração dos fãs, encerrando o evento da maneira mais genial possível!

NOVOS SONHOS

Com a vinda de Flow ao Brasil no Ressaca Friends 2013 e o primeiro concerto internacional com artistas de primeira catgoria no Anime Dreams 2014, os fãs do Brasil passam a sonhar cada vez mais com o futuro dos eventos no Brasil: cada vez maiores, mais sólidos e com mais atrações.

O que esperar daqui pra frente? A esperança é grande e os desejos numerosos, confiando na qualidade das atrações despertados pelo Anime Dreams, a resposta certamente será a realização de muitos sonhos!

Todos os artistas reunidos em mais um sonho de evento!

Todos os artistas reunidos em mais um sonho de evento!

RESENHA: Ressaca Friends 2013 – 10º aniversário com o show da banda Flow!

Quem poderia adivinhar que a edição de 10 anos do Anime Friends (leia a resenha aqui) traria uma surpresa que deixaria os fãs em tamanha euforia para o último evento de cultura pop do ano? Após quase 6 meses de espera, finalmente os fãs puderam curtir o Ressaca Friends 2013 com um incrível show do Flow!Ressaca

RESSACA FRIENDS 2013

Se o Ressaca Friends voltar a ser realizado na Universidade Cruzeiro do Sul em sua edição de 10 anos já foi uma grata surpresa, o que dizer de um evento que surpreendu ao trazer um show internacional após em sua 10ª edição?

O que dizer então quando os fãs souberam que o show internacional deste evento seria nada menos que uma das maiores bandas jovens do Japão e uma das que mais tem fãs no Brasil?

Pois é. Assim como o Anime Friends, a Yamato Eventos decidiu que 2013 seria o ano que seus eventos receberiam a melhor edição de todos os tempos e o Ressaca Friends, como irmão mais novo do maior evento de cultura pop da América Latina, não ficou de fora.

Com diversas atrações nacionais, dubladores, estandes com produtos cada vez melhores e mais variados (o que demonstra uma profissionalização de empresas que trazem produtos japoneses para o Brasil) e uma diversidade de campeonatos que fizeram a alegria dos fãs, o Ressaca Friends foi um evento completo, mas o que mais se ouvia em todos os cantos e principalmente próximo ao palco principal era: que horas começam o show do Flow?

Os estandes do evento contam com produtos cada vez melhores e mais variados!

Os estandes do evento contam com produtos cada vez melhores e mais variados!

FLOW

FLOW é uma banda composta por cinco pessoas, sendo eles dois vocalistas, um guitarrista, um baixista e um baterista.

Ela foi originalmente formada em 1993 por TAKE e seu irmão mais velho KOHSHI. Em 1998, o nome foi mudado para FLOW e em 2000 foi formada a banda que conhecemos hoje, com a entrada de mais membros para o grupo: GOT’S (baixo), KEIGO (vocalista) e IWASAKI (baterista).

Em abril de 2004 a música “GO!!!” foi escolhida para ser abertura do tão conhecido anime Naruto (que já era muito popular nesta época). Assim, esta música tornou-se extremamente popular e foi a porta para que a banda fosse responsável por outros temas de animes, sendo “DAYS”, tema de Eureka Seven, um exemplo. O álbum “FLOW ANIME BEST” inclui dez dessas aberturas feitas por eles, sendo lançado em abril de 2011 no Japão e no mês seguinte teve sua estreia nos EUA.

Com sua comemoração de 10 anos da banda e os convites de eventos de anime vindos de todo o canto do mundo, a banda FLOW decidiu expandir sua atuação, fazendo shows em outros países, principalmente depois de serem escolhidos para fazer o tema da música do mais recente filme de DBZ, o “Dragon Ball Z: A Batalha dos Deuses”.

Cosplayers fizeram bonito!

Cosplayers fizeram bonito!

Pouco antes das 18h30, a agitação dos fãs já era geral. Parecia um sonho que realmente o Flow estaria no Brasil. Mesmo com um palco pequeno muito abaixo do que a banda merecia, o aglomerado de fãs em todos os cantos do palco fazia a energia ser sentida de longe.

Pontualmente no horário marcado, Flow entrou em palco e começou a catar as atuais músicas de trabalho da banda, o que fazia os fãs sentirem um misto de orgulho e euforia únicos que se misturavam em gritos e pulos!

Ao iniciar a cantar os animsongs os fãs foram a loucura, desde o momento em que Keigo soltou a frase “Are you ready, Brasil?”. Se as músicas de Code Geass foram um arraso, foi quando a banda tocou Fighting Dreamer que o espetáculo chegou ao seu ápice!

Com uma despedida em ritmo de futebol e cheia de alegria, banda e fãs sentiram uma energia única em que oriente e ocidente esquecem suas diferenças sociais, culturais e comunicacionais, fazendo da despedida, uma promessa de voltar a guiar multidões!

RESSACA FRIENDS + FLOW

O que parecia nunca acontecer, finalmente começou ao Brasil: com o show do Flow, é possível que muitas bandas de renome do Japão venham para as terras tupiniquins fazer a alegria dos fãs e aproximar os laços entre o Brasil e a Terra do Sol Nacente.

Flow se despediu com uma foto épica!

Flow se despediu com uma foto épica!

Ainda há muito o que melhorar, principalmente em infra-estrutura. O local de realização do Ressaca Friends, apesar de perfeito para o formato do evento nesses 10 anos, não é o ideal para receber uma banda como o Flow, devido a baixa capacidade de acomodar os fãs junto ao palco.

Mesmo atraindo um público muito acima da média para o evento (com ingressos esgotados, inclusive), não foram poucos os fãs que não puderam curtir o show de encerramento do primeiro dia do evento.

Épico e eletrizante, o show do Flow foi o início de uma nova era para os shows de cantores japoneses no Brasil e o sinal cabal que a formatação dos eventos do Brasil, além do Anime Friends, precisam se adequar a essa nova era!

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 129 outros seguidores