NEXT CONQUEROR

o blog do Davi Jr.

Arquivos de tags: Sanna

Um fim de semana provavelmente bom

Neste último fim de semana, Jundiaí teve noites provavelmente mais divertidas. Começou no dia 12 de março, as 21h, no teatro Polytheama, as três apresentações do espetáculo Improvável, realizado pela Cia. Barbixas de Humor.

Após conquistar a crítica e público na capital, o Improvável veio para o interior paulista.

Este, que é um dos mais bem-sucedidos espetáculos da capital, está em turnê pelo interior paulista nos últimos 2 meses, sendo sucesso a cada apresentação. Em Jundiaí, os ingressos esgotaram uma semana antes de seu início, o qu motivou os organizadores a realizarem mais duas sessões extras, uma no sábado e outra no domingo. E o que será relatado aqui, a partir de agora, é toda a sensação vivida por alguém que esteve presente no show nessa primeira sessão extra.

Com segurança reforçada, a produção cuidou dos mínimos detalhes para que tudo ocorresse conforme o esperado. Logo no saguão do teatro, eram colhidos sugestões de cenas e frases que iriam compor os joos do espetáculo.

Márcio Ballas foi o Mestre de Cerimônias da noite.

Após o soar da terceia campainha e dos recados dos patrocinadores (que não foram poucos!), entrou no palco aquele que seria o “Mestre de cerimônias” (MC) danoite: Márcio Ballas. Esbanjando simapatia e bom-humor (ainda bem), ele cuidou do aquecimento da platéia, conversando com alguma pessoas, ensaiando coros e gritos e ainda revelando nomes improváveis na platéia.

O palco característico já estava montado quando os Barbixas Anderson Bizzochi, Elídio Sanna e Daniel Nascimento entraram no palco junto com seu convidado especial, Allan Benatti.

Allan Benatti (a direita) foi o convidado nas apresentações em Jundiaí.

Foram encenados 6 jogos de improviso: o primeiro logo fez a alegria do público, mas foram os dois que o sucederam, o jogo do locutor e o conto-de-fadas improvável, que mereceram ser os grandes destaques da noite. Enquanto no primeiro os quatro atores simularam uma reunião de negócios no qual seria necessário que o protagonista (que os atores iam se alternando) demitisse alguém, no segundo foi contada a história de um pobre garoto que teve sua vida mudada por um furo na bota que usava. O resultado disso tudo foi a demissão do MC e o lançamento de uma bota de chocolate que o recheio sai pelo seu furo.

Daniel Nascimento em mais uma cena improvável.

Se estes dois últimos fossem gravados e colocados na galeria do canal de vídeos do youtube dos Barbixas, que a propósito é um dos mais acessados do mundo, abrilhantariam ainda mais a já excelente coleção de vídeos.

Infelizmente, o tão aguardados jogo das frases, do troca e das cenas improváveis, apesar de muito aguardados, pareceu não fluir tão bem, e o resultado foram piadas batidas e performances abaixo do nível dos três primeiros jogos.

Elidio Sanna foi o dono da empresa de chocolate no Conto de Fadas Improvável.

Independente disso, o espetáculo foi sensacional. Não é a toa quemos Barbixas são a equipe de teatro de improviso mais requisitada do país. Cada um deles,cada um com sua particularidade preencheram o palco de forma única e criativa, fazendo com que o espectador enxergue todo o cenário por trás de cada cena de cada ator.

Só o fato de estar vivendo o momento de criação junto com os atores, ai invés de ver tudo pronto na tela docomputador, já vale cada centavo do salgado ingresso cobrado.

Anderson Bizzochi: criatividade a mil em Jundiaí.

O bom desempenho desse fim de semana, somado ao bom histórico das apresentações de stand-up comedy realizados em 2009, pode estimular a vinda de novos espetáculos da capital, que provavelmente também serão sucesso como foi o Improvável.

Anúncios