NEXT CONQUEROR

o blog do Davi Jr.

Arquivos de tags: Pokemon

Liga N-Blast Jundiaí arrasou durante o Encontrão Pokémon 2 no Paineiras Shopping!

No último dia 27 de abril, aconteceu no Paineiras Shopping em Jundiaí-SP o evento Encontrão Pokémon 2, organizado pelo shopping em parceria com a loja Boomer Brinquedos e o apoio da Liga N-Blast Jundiaí.

Com uma decoração que fez os fãs de Pokémon irem à loucura e uma estrutura ainda melhor preparada para receber o público que surpreendeu os visitantes do shopping durante a primeira edição do evento (veja como foi aqui), o evento superou as expectativas e trouxe ainda mais competidores e jogadores de várias cidades da região (e fora dela, com visitantes de Embu Guaçu e São Paulo).

Com as atrações ampliadas, os fãs tiveram a oportunidade de trocar cartas, fazer novos amigos, trocar segredos dos monstrinhos, exibir suas coleções e se divertir com três super torneios organizados pela Liga N-Blast Jundiaí.

Tradicionalíssimo nos encontros promovidos pela Boomer Brinquedos, o torneio de Estampas Ilustradas Pokémon surpreendeu com competidores altamente preparados.

Diferente a cada edição, o Torneio de Pokémon XY no Nintendo 3DS fez os treinadores se superarem para montar seus times na regra especial Monoregion, que sagrou Johto como a região vitoriosa.

E surpreendendo a todos, os motores se aqueceram como uma estrela dourada no Torneio de Mario Kart 7 também no Nintendo 3DS que teve uma emocionante vitória de um garoto de 11 anos!

No final do evento, os visitantes inscritos ainda participaram de um super sorteio promovido pelo Paineiras Shopping  e a Boomer Brinquedos recheado com muito bom humor dos integrantes do N-Blast Jundiaí.

Obrigado a todos os treinadores que estiveram presentes. Parabéns aos vencedores dos torneios! Nos vemos na próxima!

:::VENCEDORES:::

MARIO KART 7
3º Hugo Susume
2º Alexandra Lazari
1º Gabriel Françoso

POKÉMON XY
3º Felipe Alves (Johto)
2º Christian Andrade (Kanto)
1º Melynna Guedes (Johto)

POKÉMON TCG
3º Matheus Prado
2º Lucas Augusto
1º Marcel Veloso

 

A3-encontrão-Pokémon2

DSCN0945 DSCN0953DSCN1125 DSCN0959 DSCN0964 DSCN0966 DSCN1044 DSCN1100 DSCN1109 DSCN1123 DSCN1127 DSCN1134

 

Anúncios

Pixeletra: evento bateu recordes na Livraria Leitura do Maxi Shopping Jundiaí!

No último dia 06 de abril aconteceu na Livraria Leitura do Maxi Shopping Jundiaí a primeira edição do Pixeletra, evento que uniu os fãs de literatura e video-games, realizado pela World Fabi Books e Ramoniacs em uma inédita parceria com a livraria.
Pixeletra-PNG
Organizado pela Liga N-Blast Jundiaí, o andar de cima da livraria reuniu cerca de 150 fãs de video-game em dois emocionantes torneios de Nintendo 3DS: enquanto os fãs de alta velocidade aceleraram no Torneio de Mario Kart 7, os maiores treinadores da região enfrentaram grandes batalhas no Torneio de Pokémon XY. Os vencedores dos torneios tiveram a honra de levar para casa uma cópia do jogo Yoshi’s New Island, o primeiro grande lançamento first party da Nintendo no ano para seu portátil 3D! Parabéns à Juliano Ishiga, vencedor de Mário Kart 7 e Jonathan Mr.Poké, vencedor de Pokémon XY.
.
Promovendo um emocionante encontro com cinco dos maiores autores brasileiros da literatura nacional, a World Fabi Books trouxe um incrível bate-papo sobre a literatura contemporânea no Brasil, a carreira de escritor e uma emocionante tarde de autógrafos que realizou sonhos de muitos fãs. Estavam presentes Raphael Draccon (Dragões de Éter), Carolina Munhóz (Feérica), Affonso Solano (O Espadachin de Carvão), Marcel Colombo (Al-Aisha e os Esquecidos) e Ana Macedo (Lágrima de Fogo). A área com os autores apresentou picos de mais de 200 pessoas, formando filas que chegaram até a porta da loja.
.
Junto, a área de Pixel mais a área de Letra somaram picos de mais de 300 visitantes, criando, junto dos visitantes casuais da livraria, uma das maiores movimentações que a Leitura já teve desde a sua inauguração no Maxi Shopping! Parabéns a todos que fizeram parte deste evento histórico unindo dois dos principais nichos de cultura pop em um só evento!
.
Confira as fotos do evento:
Techniatto_pixeletra_01 Techniatto_pixeletra_02 Techniatto_pixeletra_03
DSCN0695 DSCN0738 DSCN0747 DSCN0748 DSCN0761 DSCN0762 DSCN0776 DSCN0782 DSCN0785 DSCN0791

Pixeletra vai unir fãs de games e literatura!

O The Ramoniacs juntamente com o World Fabi Books em parceria com a Livraria Leitura tem o orgulho de anunciar o primeiro Pixeletra que ocorrerá no dia 06 de Abril na Livraria Leitura do Maxi Shopping Jundiaí a partir das 14h. O evento tem o apoio da Cia Techniatto e da Liga N-Blast Jundiaí!

Pixeltra_final

Encontrão Pokémon reuniu mais de 150 fãs no Paineiras Shopping!

No dia 9 de março, foi realizado em Jundiaí o Encontrão Pokémon promovido pela Boomer Brinquedos e o Paineiras Shopping. Com o apoio da Liga Nintendo Blast Jundiaí, foram realizados torneios de Pokémon Trading Card Game e Pokémon XY no Nintendo 3DS.

Reunindo mais de 150 fãs de todas as idades o evento foi um sucesso, atraindo, inclusive, jogadores de São Paulo. Cheio de prêmios  brindes aos participantes e uma grande performance dos competidores. Com o sucesso do evento, o Paineiras Shopping e a Boomer Brinquedos já preparam uma nova edição do evento, com muitas novidades.

Encontrão 1

Encontrão-Pokémon

 

DSC_0140 DSC_0144 DSC_0250

Melly, 3º lugar do Torneio de Pokémon 3DS.

Melly, 3º lugar do Torneio de Pokémon 3DS.

Fê, 2º lugar do Torneio de Pokémon 3DS.

Fê, 2º lugar do Torneio de Pokémon 3DS.

Christian, vencedor do Torneio de Pokémon 3DS.

Christian, vencedor do Torneio de Pokémon 3DS.

Matheus, Kaique e Alexandra, vencedores do Toneio de Pokémon TCG.

Matheus, Kaique e Alexandra, vencedores do Toneio de Pokémon TCG.

RESENHA: Ressaca Friends 2012: com Paul Zaloon, o ator de Beakman e Rica Matsumoto, a cantora de Pokémon

Nada melhor para um fã de cultura pop do que terminar o ano com um evento de anime. Desde 2003, o Ressaca Friends, evento realizado em São Paulo cerca de uma semana antes do Natal em Dezembro, cumpre essa função. Mas em sua décima edição, o evento foi além trazendo algo inédito até então: duas atrações internacionais!

Ressaca Friends 2012 logo

O LOCAL

Para quem vai ao Ressaca Friends desde 2003, já estava acostumado ao local em que o evento era realizado desde há alguns anos, a UnicSul – Universidade Cruzeiro do Sul. Porém, em sua décima edição, a Yamato Eventos decidiu alterar o local de realização, surpreendendo os fãs de longa data.

Um dos rumores mais aceitos foi que a UnicSul não teria uma área aberta suficientemente grande para acoplar um palco que suportasse a estrutura que um show internacional necessita. Entre uma teoria e outra, o Colégio Marista Glória foi escolhido para o evento.

Se os problemas com o local escolhido para Anime Friends 2012 já não deixavam os fãs muito animados, o anuncio do Colégio Marista para o Ressaca não veio com aplausos, afinal, o local já havia sido utilizado para eventos menores que o Ressaca Friends, o que causou desconfiança dos fãs, mas também foi elogiado por ter uma área perfeita para a montagem de um grande palco.

Mas independente do local, mais que as atrações que o Ressaca sempre teve, o destaque e o que os fãs mais esperavam para encerrar o ano era a presença dos dois artistas internacionais que, pegando a todos de surpresa a Yamato anunciou, afinal, mesmo cientes de ser a décima edição do evento, nunca se poderia imaginar que a Yamato inovaria o evento a tal ponto.

O Colégio Marista Glória recebeu um público estimado em cerca de 10 mil pessoas!

O Colégio Marista Glória recebeu um público estimado em cerca de 10 mil pessoas!

MENOS DO QUE SEMPRE TEVE

Desde o início, o Ressaca Friends foi formatado como um evento que tem tudo que o Anime Friends tem, porém, em menor número. Visto que o Anime Friends 2012 (leia a resenha aqui) foi bem menor que todas as suas últimas edições anteriores, não era de se estranhar que, infelizmente, o mesmo acontecesse com o seu irmão mais novo.

Com menos salas temáticas, poucos estandes e uma área pequena para as grandes empresas, o espaço geral do evento, parecia um tanto quanto pequeno. Isso não seria ruim se o evento acontecesse cerca de 5 ou 6 anos atrás, mas visto o crescimento exponencial que o evento teve nos últimos anos, a edição 2012 do Ressaca Friends pareceu ter sido “enxuto”.

Mas nenhuma das faltas foi tão grande quanto a ausência do estande da Comic Book Store no evento. O estande que trazia mangás, estampas ilustradas, bonecos e DVD’s ao montes, pela primeira vez estava de fora do Ressaca Friends.

Talvéz isto não fosse problema se estandes das empresas de mangás tivessem sido montados, mas estas também tem estado fora dos eventos da Yamato há algum tempo.

Os estandes estavam com produtos muito bons, mas estavam em um número reduzido.

Os estandes estavam com produtos muito bons, mas estavam em um número reduzido.

Resta esperar que a ausência da Comix seja só um caso isolado e a loja volte a fazer a alegria dos fãs de mangás e quadrinhos nos próximos eventos.

PAUL ZALLON, A ATRAÇÂO DE SÁBADO!

Nunca o sábado do Ressaca Friends deve ter recebido tantos visitantes no sábado quanto em sua edição 2012. Tudo isto graças a presença de Paul Zaloon, o ator de Beakman, o professor de cabelos em pé e jaleco verde do programa O Mundo de Beakman.

Beakman’s World (O Mundo de Beakman no Brasil) foi um programa de televisão educativo onde se faziam uma abordagem divertida de conceitos científicos. O Professor Beakman era acompanhado pelo seu rato de laborátorio Lester (Mark Ritts) e de assistentes como Rosie (Alana Ubach), Liza (Eliza Schneider) e Phoebe (Senta Moses), que mudaram ao longo das quatro temporadas da série.

A série foi transmitida no Brasil pela TV Cultura entre 1994 e 2002, com uma breve passagem pela Rede Record, no programa Agente G, em 1997. Também foi exibido pelo canal Cl@se de 2000 a 2005 e em 2006 pelo canal a cabo Boomerang. A TV Cultura voltou a exibir o programa dentro do bloco Sessão da Hora, no primeiro semestre de 2011.

Paul Zaloon conquistou o público com a sua simpatia e as experiências que nos lembraram assistir o programa na TV!

Paul Zaloon conquistou o público com a sua simpatia e as experiências que nos lembraram assistir o programa na TV

Já com seus 62 anos, o ator Paul Zaloon subiu ao palco caracterizado de seu personagem mais famoso. Com o mesmo jeito despojado e sempre carismático que eternizaram seu personagem, o ator realizou algumas de suas experiências mais famosas utilizando os conceitos da pressão do ar, gravidade, inércia e reações químicas.

Impossível não lembrar das épocas de infância, da música de abertura, das piadas de Lester, das tiradas de Laiza e das caras e bocas que Beakman fazia ao longo de cada episódio assistido e reassistido.

Passando um vídeo que contou a sua carreira de uma maneira muito divertida, com direito a uma referência a Goranger e a diversas curiosidade do programa nos Estados Unidos, o ator encerrou a sua participação no evento com uma frase que reflete tudo o que a palavra sucesso pode significar: “Eu não me canso de ouvir das pessoas: me tornei cientista por causa a você!“.

RICA MATSUMOTO: A ATRAÇÃO DE DOMINGO

Se Beakman fez a alegria dos visitantes do evento no sábado, foi a vez de Rica Matsumoto levar o palco principal a níveis nunca antes vistos num Ressaca Friends.

Rica Matsumoto é a energia em pessoa!

Rica Matsumoto é a energia em pessoa!

Dona de uma voz potente a ponto de fazer frente até mesmo aos cantores masculinos, Rica Matsumoto é uma cantora de música pop japonesa, o J-Pop, que se consagrou ao se tornar a voz de Satoshi, ou mais conhecido pelo resto do mundo, Ash Ketchun, o treinador Pokémon da cidade de Pallet que sonha em se tornar um Mestre Pokémon.

Também cantando os temas de abertura de Pokémon, Rica solidificou uma carreira no mundo dos animesongs, um dos muitos nichos musicais que os eficientes marketeiros japoneses são capazes de criar. Sendo um dos membros fundadores do JAM Project, Rica se tornou um ícone da música japonesa de desenhos animados em todo o mundo.

Devido aos seu trabalho com Pokémon (ela dubla os episódios nas sextas-feiras para eles serem transmitidos às quartas-feiras) sempre se achou impossível que ela pudesse viajar meio mundo para se apresentar no Brasil. Felizmente isso foi possível para o Ressaca Friends 2012.

Chegando no país próxima da uma hora da madrugada de domingo, a cantora abdicou do único ensaio que poderia fazer para que o staff do evento pudesse assistir a Final do Mundial de Clubes da FIFA.

Cheia de carisma e de uma energia sem igual, a cantoria entrou no palco principal pontualmente às 18 horas, cantando junto com um karaokê Alive a Life, o tema de Kamen Rider Ryuki.

Com a tradução de Ricardo Cruz, integrante brasileiro do JAM Project (relembre o último show da banda no Brasil aqui), música a música, Rica seguiu cantando a sua pesada versão Ai Wo Tomoridase, tema de abertura de Hokuto no Ken, e de Ikite Koso, música que a cantora fez em homenagem as vítimas do recente terremoto que abalou o Japão.

A cantora emocionou a todos com a música Ikite Kosou.

A cantora emocionou a todos com a música Ikite Koso.

Pegando a todos os fãs de JAM Project de surpresa, a voz de Ash cantou sozinha Kaze Ni Nare, primeira música que ela gravou junto com a maior banda de animesongs do Japão, em um incrível dueto com Hironobu Kageyama.

Próximo de 30 minutos de show, Rica começou a cantar as músicas de Pokémon, cantando Best Wishes, o atual tema da série no Japão e, pegando a todos de surpresa, Mezase a Pokémon Master, seu hit de maior sucesso.

Quando todos os fãs foram a loucura, o que parecia estar ainda na metade chegou ao seu precipitado final, com Ricardo Cruz agradecendo a presença da cantora e Rica, que a todo o tempo havia sido muito calorosa com o público, se despediu com um rápido “bye-bye”.

Cerca de uma hora depois começou uma tarde de autógrafos com a cantora, que novamente calorosa e receptiva entregou autógrafos, conversou com os fãs e respondeu perguntas dos fãs frente-a-frente, com o auxílio de Ricardo Cruz. Fazendo a alegria dos felizardos que conseguiram um lugar na restrita fila dos autógrafos.

Os curtos 40 minutos de show e o set-list de apenas seis músicas fez com que todos os fãs se perguntassem o porquê do show ter sido tão curto.

Rica Matsumoto foi o grande destaque da vez e merece voltar ao Brasil muitas e muitas vezes!

Rica Matsumoto foi o grande destaque da vez e merece voltar ao Brasil muitas e muitas vezes!

Entre as teorias mais diversas, entram como as mais prováveis os problemas que as caixas de som estavam apresentando desde o show da banda Ikagen ao meio-dia de evento, fazendo com que a voz de Rica se abafasse e um possível mal-estar que a troca de fuso-horário provocou na cantora, que notóriamente preferiu sair o quanto antes do palco ao Ricardo Cruz ter anunciado o fim do show, postura muito diferente da receptiva Rica na Sala de Autógrafos.

EVENTO 10!

Entre um problema e outro na falta de estandes, no pequeno local escolhido e no encolhimento das atrações básicas, o Ressaca Friends 2012 es tornou um evento único e inesquecível graças a sua grande ousadia.

No fim do ano, o evento conseguiu trazer atrações inesquecíveis, uma que os fãs anseavam por um bis e outra que parecia um sonho sendo realizado.

Se Paul Zaloon resgatou da infância toda a magia de ser um otaku, nerd ou qualquer outra nomenclatura que se desejar, foi a presença de Rica Matsumoto, com sua potente voz e carisma inigualável, que mostrou o quanto ser fã de uma arte tão simples e ao mesmo tempo complexa quanto é a cultura pop japonesa, pode se ampliar a níveis infinitos, mostrando que seja com uma nota mais afinada ou com um choque do trovão, não importa o quão distante seja uma cultura, pois é a vontade de se aproximar é que fazem de todo mundo um só, e cada vez mais redondo.

Mesmo com as diversas mudanças, graças a atrações fantásticas e ao carinho dos fãs, o Ressaca Friends 2012 encerrou o ano de comemorações com chave de ouro!

Mesmo com as diversas mudanças, graças a atrações fantásticas e ao carinho dos fãs, o Ressaca Friends 2012 encerrou o ano de comemorações com chave de ouro!

Créditos das fotos: NParty e AsiaMix

RESENHA: Pokémon 14 – Victini e o Herói Branco/Negro

Pra quem acreditava que Pokémon não passaria de mais uma moda passageira do mundo do entretenimento já caiu da Ponyta várias vezes ao longo dos mais de 15 anos de franquia. Games, séries de TV, brinquedos, trading card games, não há nada de Pokémon que não venda. Nos cinemas, o filme Victini e o Herói Branco/Negro é a prova cabal que quanto mais Pokémon for dado ao público, mais pokémon será consumido.

Fora Mario, que já completou suas bodas de prata em 2011, Pokémon é a franquia de games que mais deu lucro para seus produtores e todos os seus envolvidos. Nintendo, Game Freak, Creatures e diversos grandes nomes estão sempre envolvidos nos projetos da marca, fazendo com que Pikachu e seus amigos estejam sempre em foco de alguma maneira, seja, nos Estados Unidos, no Japão ou no Brasil.

Em 2011, com o recém-lançado game Pokémon Black/White, uma nova onda de produtos e produções foram realizadas chegando a, inclusive haver eventos e promocões exclusivas por todo o mundo, inclusive no Brasil.

Uma das características dos jogos canônicos de Pokémon é sempre ser lançado em duas versões, podendo criar diversas interações segundo preferências dos jogadores. As versões Black e White bateram todos os recordes de lançamentos das suas versões predecessoras e se tornaram uma grande referência para todos os teóricos de administração de marketing, afinal quantas marcas sobrevivem por tanto tempo a nível mundial com uma temática tão simples?

Tal característica dos games foi levada pela primeira vez, na história da franquia e do cinema em geral, a levar para as telonas japonesas um longa-metragem da franquia, o décimo quarto, com duas versões, que ao mesmo tempo seriam exibidas nas salas japonesas, com variações semelhantes ao que vemos nos jogos dos monstrinhos de bolso.

Victini é não só a atração, como o diferencial do filme.

O primeiro, Victini e o Herói Branco, tem um enfoque no Pokémon de capa da versão Black do game, o dragão branco Reshiram. O segundo, Victini e o Herói Negro, traz o enfoque no dragão negro Zekrom, a capa da versão White.

Apesar de prometer grandes diferenças, a veriação de um filme e outro são sutis, não realizando grandes modificações na história. Fora alguns diálogos alterados e o filme que leva a cor do pokémon apresentá-lo como salvador do protagonista em certo ponto do filme, um espectador casual pode assistir qualquer um dos dois longas para compreender a história.

Com um enredo fraco se comparado a muitos filmes da franquia, o longa conta a história de como Ash Ketchun ajuda o monstrinho Victini, conhecido como o Pokémon da vitória, a se livrar dos desejos honrados porém desmedidos de Dread, um jovem que deseja utilizar os poderes de Zekrom/Reshiram e Victini para mover o castelo conhecido como Espada da Terra para reaver seu antigo reino, destruído anos atrás pela guerra dos dragões.

Apesar de cheio de analogias ao enredo canônico da formação da região de Unova no game, o filme evita contar tal história, se concentrando em fazer um filme original que pouco foge dos muitos conceitos criados em filmes anteriores.

Com sequências muito semelhantes aos de seus treze predecessores, o filme apresentou uma Equipe Rocket sem ação, pokémon lendários de uma forma tão banal quanto um episódio da TV, um vilão boboca, um desenrolar que acaba voltando ao ponto inicial do filme e Ash Ketchun sendo um ponto pouco importante para o final da história.

Lendários lutando com Ash Ketchun em cima. Você já viu isso.

É difícil entender o porquê de os roteiristas de Pokémon terem mudado tanto o foco dos filmes no decorrer dos anos. Assim como temos verdadeiros tesouros da animação como os filmes Mewtwo Contra Ataca e O Poder de Um, temos horrores como Jirachi, o realizador de desejos.

E o que é Victini e o Herói Branco/Negro? É um filme médio, que tem seus pontos de atenção, tem batalhas de dragões lendários e o carisma de Victini, mas que peca feio por utilizar tão mal as infinitas opções de enredo que Pokémon produziu em tantos anos de sucesso.

“Wii U” é o novo console da Nintendo!

Project Café, Wii 2, Wiiii, Nintendo Feel, Nintendo Stream e até só Nintendo foram as apostas, os apelidos e os diversos outros nomes que o novo, e tão aguardado, console da Nintendo foi recebendo desde que foi anunciado a alguns meses atrás. E não era para menos,  depois de liderar o mercado da sétima geração de jogos com folga, a BigN seria a primeira e demonstrar um console de mesa da oitava geração, a qual é a única no mercado desde o lançamento do portátil Nintendo 3DS.

Mas foi nessa última terça-feira, 07 de junho que as dúvidas e expectativas dos game-maníacos foram sanadas. Após quase um hora de coletiva de imprensa Reggie Fils-Aime, o Chief Operating Officer da Nintendo das Américas,
subiu ao palco para anunciar o tão aguardado novo console.

Ele explicou que o sucesso da Nintendo na última geração se deu devido a empresa investir pesado em games que poderiam ser jogados por todos os tipo de jogadores, independente se era um veterano ou um amador. Porém, isso acabou afastando os jogadores mais hard-core dos consoles da Nintendo, por isso o sucessor do Nintendo Wii seguiria a mesma premissa de seu antecessor, atraindo o público casual, mas agora também trazendo joogos que agradam os jogadores veteranos, ganhando o agradável nome de Nintendo Wii U. (Wii, variação sonora de we, “nós” em inglês + U, variação sonora de you, “você” em inglês).

Mas a sensação do video-game não ficou por conta do nome, mas sim pelas inovações que trará ao mercado. A começar pelo seu joystick: o Wii U tem  um controle com 6,2 polegadas, touch screen, quatro gatilhos – dois maiores e dois menores – microfone, giroscópio, câmera, um botão Home, e um acelerômetro. O visual do controle lembra um tablet, apesar da presença de botões e gatilhos. A identidade visual do Wii foi mantida, com a cor branca e modelo contornos quadrados. Ele parece muito uma evolução hi-tech do tradicional controle do Super NES.

Todas as especulações sobre o controle receber streaming de conteúdo do console se confirmaram. É possível aos jogadores realizarem uma série de atividades simultâneas – ou até mesmo jogar enquanto alguém está assistindo TV. As possibilidades foram muitas e boa parte delas foram mostradas, deixando todo mundo com dificuldade pra digerir a quantidade de informações que eram plantadas pela Nintendo.

Assista ao video de apresentação:

A Big N também confirmou que todos os acessórios do Wii – incluindo Wii Balance Board e até mesmo o Wii Remote – são totalmente compatíveis com o novo console. Confira alguns detalhes técnicos:

– Tela de alta definição de até 1080P via saída HDMI no console.
– Touchscreen de 6.2″ rodando em resolução padrão.
– Armazenamento interno via memória flash, com entrada para SD e USB.
– Os jogos serão armazenados em discos iDensity com capacidade de armazenamento de até 50 gigas (igual o Blue-ray).
– Os jogos também serão disponibilizados via download.
– Totalmente retrocompátivel com o Wii e seus acessórios.
– Data de lançamento entre 1º de Abril de 2012 a 31 de Dezembro do mesmo ano.

No final, ainda foram apresentados o mais importante: os games. Primeiramente Miyamoto (criador de Mário, Zelda e outros) anunciou um no Smash Bros, com possibilidade de compatibilidade para Nintendo 3DS. Além disso a BigN prometeu grande apoio as thirds (desenvolvedoras terciárias), das quais já estão confirmados os jogos: Batman Arkham Asylum, Darksiders II, Tekken, Dirt, Aliens: Colonial Marines, Ghost Recon Online, Assassin’s Creed, Metro: Last Light, and Ninja Gaiden 3: Razor’s Edge e praticamente todas as franquias da Eletronic Arts.

Após a conferência, durante uma entrevista com a revista Nikkei, Satoru Iwata (presidente da Nintendo) informou que o preço do novo console deve ficar entre US$250,00 e US$300,00, um preço bem abaixo do esperado se comparado com o 3DS e o recém anunciado PSVitta, da Sony.

O que pensar depois de tudo isso? A Nintendo mais uma vez saiu na frente, trazendo novas tendências e criando novos sistemas de jogo e diversão para o mercado de games. E dessa vez, parece que a dianteira é muito além de suas concorrentes, uma dianteria que ultrapassa seu mercado alvo e traz cada vez mais tendências ao mercado de telefonia, internet, informática e internet.

Confira uma galeria com as imagens do console liberadas pela Nintendo:


BOMBA: Evento do Celebi no Brasil!

Depois de muito se especular, finalmente a Nintendo World revelou que o evento do Celebi chegará ao Brasil ainda neste mês!

Celebi chega ao Brasil ainda neste mês!

Do mesmo jeito que nos Estados Unidos, Canadá, México e Chile, o monstrinho mais desejado de todos os tempos será distribuído em poucos locais dos países participantes, tudo isso para que Celebi continue como o pokémon mais raro e difícil de se conseguir de todos o tempos!

Assim, para ficar bem claro, ao invés de ser um evento Wi-Fi (como foram todos os principais eventos que antecederam o evento do Celebi), o fã terá de se deslocar até uma loja participante com seu cartucho de Pokémon nas versões HeartGold, SoulSilver, Diamond, Pearl e/ou Platinum e utilizar a tecnologia wireless de seu Nintendo DS para fazer o download do Celebi.

Veja quais são as lojas participantes da promoção:

São Paulo – SP
Saraiva Mega Store do Shopping Center Norte
De 21 de fevereiro a 06 de março

Saraiva Mega Store do Morumbi Shopping
De 21 de fevereiro a 06 de março

Campinas – SP
Saraiva Mega Store do Shopping Center Iguatemi Campinas
Dias 26 e 27 de fevereiro

Rio de Janeiro – RJ
Saraiva Mega Store do Shopping New York
Dias 05 e 06 de março

Em todos os shoppings o horário de distribuição do Celebi será das 12 horas às 20 horas.

COMENTÁRIO DAVI JR.: o anúncio da distribuição do Celebi no Brasil é um marco na história dos monstrinhos de bolso por aqui. Além de mostrar a força da franquia, mostra que a Nintendo of America está vendo o Brasil com bons olhos. Apesar do evento ficar restrito a apenas 3 cidades da região sudeste (o que vai deixar muito fã a ver navios), a ação facilita em muito a possibilidade de um fã ter o Celebi, afinal, nos início dos anos 2.000, o local mais próximo para se conseguir o monstrinho era nos Estados Unidos, em uma das raras convenções da Nintendo.

Feliz Natal

2010 foi um ano muito especial para mim, muitas conquistas, muita gente legal, muitas coisas novas. Ganhei muitos presentes no decorrer do ano, o que faz desse Natal um dia ainda mais especial. Por isso, fiz uma ilustração para desejar meus votos de felicidades para todos meus amigos, família e leitores do blog:

 

 

Mew será distribuído no ocidente a partir de 15 de outubro!

É isso mesmo que você acabou de ler! A partir do dia 15 de outubro, a Nintendo começará a distribuir vi Wi-Fi um dos  monstrinhos mais desejados de todos os tempos.

A distribuição do Mew faz parte das comemorações de 10 anos do lançamento dos jogos “Pokémon Gold & Silver“. Para conseguir o monstrinho, o jogador deve possuir um Nintendo DS (ou DSi) equipado com Pokémon HearthGold ou SoulSilver (as versões remakes dos jogos originais) e conecta-lo através de uma rede banda larga sem fio ao canal Mistery Gift do sistema de acesso  mundial da Nintendo, utilizando o próprio console.

Mew foi o primeio pokémon oculto da franquia de jogos de Satoshi Tajiri, sendo o único monstrinho das versões Green, Red, Blue e Yellow que apenas podeia ser capturado através dos centros de distribuição da Nintendo, que aconteciam apenas em eventos de animes e games  no Japão e nos EUA.

Após 10 anos, finalmente Mew poderá ser capturado por treinadores de todo o mundo.

O monstrinho ganhou fama após ser uma das estrelas do filme “Pokémon – Mewtwo Contra-Ataca“, o primeiro longa-metragem da franquia, e a partir dai foi um dos persongens mais cultuados do universo dos games e animes. Captura-lo agora, será a oportunidade de milhões de treinadores que sempre quiseram poder treinar um exemplar desses ainda nos anos 90.

O evento começará amanhã, dia 15 de outubro de 2010 e seguirá até o dia 30 de outubro.

Mais informações acesse  Pokémon.com