NEXT CONQUEROR

o blog do Davi Jr.

Arquivos de tags: Kageyama

JAM Project grava a música Hero em português!

Desde meados de 2009, Ricardo Cruz havia anunciado em seu blog que o JAM Project havia gravado uma versão em português da música Hero, que já havia recebido uma versão em inglês. A gravação foi realizada enquanto Cruz estava realizando junto com a banda a turnê Hurricane Tour 2009 pelo Japão e alguns países da Ásia.

Muito se especulou se a música seria ou não lançadas, já que desde o anúncio, diversos singles e até mesmo dois ábuns completos foram lançados e nada da música na língua brazuca aparecer nos CDs.

Finalmente em 2010, foi anunciado o box JAM Project 10th Anniversary Complete BOX, uma coletânea com 12 discos incluindo todos os albuns que a banda já havia lançado e mais alguns exclusivos. Entre eles o disco 8 trazia diversas músicas da banda em línguas diferentes, incluindo a tão aguardada Hero em português.

Confira agora o video da música com karaokê para poder aprender a letra e sair cantarolando por aí:

A atual formaçãodo JAM Project é:

Hironobu Kageyama: cantor dos temas de abertura de Changeman, Dragon Ball Z, Os Cavaleiros do Zodiaco, Sonic X entre outros. É conhecido como o Príncipe dos Animesong’s e é o líder do JAM Project.

Masaaki Endoh: cantor dos temas de Abaranger, Ecogainder, Street Fighter Victory, entre outros. É conhecido como o Leão dos Animesong’s.

Hiroshi Kitadani: cantor dos temas de abertura de One Piece, Ryukendo, entre outros. Foi o vocalista da banda de J-Rock Lapis Lazuli

Masami Okui: cantora dos temas de abertura de Slayers, Utena, Yu-Gi-Oh, entre outros. É colunista da revista Newtype, uma das mais populare publicações de animação no Japão.

Yoshiki Fukuyama: Cantor dos temas de Macross 7, entre outros. Faz os arranjos em Heavy Metal do JAM Project e já foi o vocalista da banda Fire Bomber.

Ricardo Cruz: Cantor dos temas de abertura brasileiro de Hunter X Hunter e Os Cavaleiros do Zodíaco Hades Inferno. Já foi o vocalista da banda Wasabi, redator da editora Conrad, tradutor de mangás e atualmente é o editor da revista musical Sax.

_ _ _ _ _ _

Comentário Davi Jr.: é incrível como o JAM Project mostra uma capacidade incrível de se superar a cada nova gravação. Hero é um exemplo de garra, dedicação e sonhos tão batalhados pela banda desde a sua formação.Imagine a dificuldade de japoneses cantando uma música em português, uma das línguas mais dificeis de se falar no mundo! Mesmo apesar dessa dificuldade a sonoridade da música ficou excelente!

A letra composta por Ricardo Cruz é fantástica! Dificil de ser expressada com palavras. Apenas os fãs de super heróis podem entender o sentimento infantil resgatado pela música. São sentimentos que superam o limiar da razão e atingem sonhos adormecidos a tempos.

Essa música mais uma vez como o JAM Project vem cruzando fronteiras e se tornando uma banda cada vez mais internacional. Uma banda que tem nichos de públicos em diversos localidades do globo e que os trata com os mesmos privilégios dos fãs de seu país natal.

Após uma década de banda e diversas formações, a banda se mostra cada vez mais sucesso e produzindo músicas de qualidade inigualável. Parabéns JAM Project. Parabéns Ricardo Cruz.

Anúncios

Nobuo Yamada, Hironobu Kageyama, Hiroshi Kitadani e Misato Aki no Brasil

O que há de melhor para um otaku do que ir a um evento de anime, conhecer pessoas com os mesmos hobbies, comprar bugigangas, participar de concursos, assistir a palestras, tomar mupy e ainda, para finalizar o dia, curtir um super show com seus artistas japoneses favoritos?

Para quem pensa que tudo isso se trata do prestigiado Anime Friends se enganou. A Yamato Corp. preparou para este fim de ano dois eventos que prometem agitar os corações dos fãs que vivem em locais um pouco mais afastados da capital paulistas e de quebra, vai rechear o evento com artistas que os fãs do Brasil inteiro já estão com bastante saudade. Confiram:

ANIME NATION 2010

Realizado em Brasília, o Anime Nation 2010 contará com atrações para todos os gostos e públicos. Durante 2 dias, os fãs poderão se divertir com o Anime Quiz, Batalha Campal, Jogos Grow, Matsuri Dance, palestras com Marcelo Campos e Mundo Canibal, Para-Para, Concursos Cosplay, Salas temáticas e ainda fechar o dia com um super show com Nobuo Yamada e Misato Aki. Confira:

• NOBUO YAMADA

Preparem-se! O cantor original do maior hino dos animes: a abertura de Cavaleiros do Zodíaco, Pegasus Fantasy, está indo para o Anime Nation!!!! Para aqueles que já esperavam a vinda de Nobuo Yamada e para os que estão descobrindo agora que ele é a voz por trás  do rockão que toca na primeira abertura original dos Cavaleiros (e que foi gravado aqui pelo Edu Falaschi), a presença na frente do palco nos dias das apresentações é obrigatória.

Nobuo Yamada gravou Pegasus Fantasy em 1986, a convite da Columbia Records, que estava com a idéia de acrescentar pitadas de rock pesado ao estilo dos temas das série para o público masculino. Na época, Yamada era o vocalista da banda Make Up, nome em evidência da cena metaleira japonesa. A banda gravou mais de uma dezena de canções para a série e, não muito tempo depois, após alguns desentendimentos, se separou.

Com o apelido de NoB, Nobuo Yamada tentou uma carreira solo, mas nunca teve muito sucesso. Participou de diversas bandas durante os anos 90 e atualmente tem roteiro de shows lotados em Tóquio com o grupo Urugome, que segue infiltrado no caminho underground do metal japonês – gênero que ele nunca abandonou.

Pegasus Fantasy – tema de abertura de Os Cavaleiros do Zodíaco

Go Go Sentai Bokenger ao vivo

MISATO AKI

Misato Aki é uma renomada cantora de Anime Songs. Nascida em Saitama já lançou mais de 16 singles e participou de diversos álbuns e tem musicas incluídas na trilha sonora de diversos animes. Faz parte da gravadora SOLID VOX a mesma gravadora do grupo Jam Project,  ond já fez algumas participações especiais.

Blood Queen – tema de abertura de Princess Ressurrection

Kimi Ga Sora Tada ao vivo

SUPER ANIMINAS 2010

Agora a festa chega em Minas Gerais! Numa edição super especial do Animinas 2010, o evento trará aos mineiros todas as atrações mais divertidas dos eventos da Yamato e ainda apresenta no palco prncipal a banda Wasabi, Fake Number e Comitiva do Rock, além de finalizar com um super show de Hironobu Kageyama e Hiroshi Kitadani.

HIRONOBU KAGEYAMA

Apesar de comparecer ao Brasil em diversas ocasiões, Hironobu Kageyama não tinha tido a oportunidade de visitar um dos grandes centros de concentração de fãs de animes e mangás: a cidade de Belo Horizonte.

Sabendo disso, Hironobu Kageyama, juntamente com seu parceiro Hiroshi Kitadani, visita, pela primeira vez na história, um evento na capital mineira, o Super AniMinas 2010, cantando seus temas de sucesso e, com certeza, repetindo toda a energia característica de seus shows!

Chegou a hora de mostrar que o público mineiro, mais do que nunca, merece um show de um grande artista do calibre de Hironobu Kageyama!

Chala Head Chala – abertura de Dragon Ball Z

Soldier Dream ao vivo


HIROSHI KITADANI

Hiroshi Kitadani (38) o cantor do tema de One Piece, um dos animes de maior audiência no Japão, vem ao Super AniMinas pela primeira vez. Sua história de sucesso começa em 1994 quando fez parte como vocalista do grupo Stagger onde gravou três álbuns e gravou temas de comerciais de TV. Fez parte também do Lapis Lazuli que produziu quase todas as músicas do famoso jogo Guilty Gear X. Em 1999 participou do teste para interpretar o tema de um novo anime que seria lançado no Japão: One Piece, o compositor foi famoso musico Japonês Kouhei Takana. “Uma canção cheia de amor e coragem” analisa Kitadani sobre o seu hit de anime song mais famoso.

We Are – tema de abertura de One Piece

Madan Senki Ryukendo ao vivo

Confira o videoclipe de Imagine interpretada pelas maiores estrelas do animesong!

De vez em quando a gente se depara com obras de arte que parecem transcender o limiar humano. São coisas que nos fazem rir, chorar, pensar, se emocionar e compartilhar sentimentos e ações. O video aqui postado vai ainda mais longe: mostra que toda grande obra de arte pode fazer parte de uma obra ainda maior!

No Japão, uma campanha da TWWF reuniu os maiores nomes dos animesongs para gravar nada mais nada menos que a música Imagine, de John Lennon e Yoko Ono.

Fizeram parte da gravação: Mami Ayukawa, Yoshifumi Ushima, Masaaki Endoh, Masami Okui, Hironobu Kageyama, Hiroshi Kitadani, Minami Kuribayashi, Hiromi Sato, Hiroki Takahashi, Kaori Hikita, Faylan, Yoshiki Fukuyama, Yumi Matsuzawa e Shunji Inoue.

A música foi posta para download via celular (restrito ao Japão) por 315 ienes a partir do dia 15 de outubro de 2009. A cada download, 100 ienes eram revertidos para obras de caridade, sendo destinadas a compra de refeições escolares para de todo o mundo.

Além de a música ter ficado uma obra prima na voz destes incríveis cantores, a gravação desta música mostra como ações simples (como ouvir uma canção) podem mobilizar empresas, ONG’s e pessoas a, juntos, ajudar a construir o mundo idealizado por John Lennon e Yoko Ono.

Apesar de ter sido lançada em 2009, o videoclipe da música foi pouco divulgado. Recentemente consegui o video em muito mal estado. Após o tratamento de imagem e som, e de quebra a inserção da legenda e da tradução da música, o resultado é este video abaixo. Espero que gostem do resultado.

REVIEW: Super Friends Spirits 2010 – dia 11

Todo mundo já está com as mochilas cheias de miniaturas, DVD’s e mangás. Todos os fãs já assistiram as palestras, participaram dos workshops e pegaram autógrafos com os grandes nomes do universo otaku. Todos os campeões dos diversos campeonatos de cards e games já comemoraram a valer junto de seus prêmios. Os visitantes já comeram yakissoba, tempurá e sushi, tudo isso regado com sua bebida de soja preferida: o Mupy.

É chegada a hora de todos no Anime Friends se dirigirem ao palco principal do evento para contemplar os artistas japoneses que fizeram parte de sua infância e não deixaram de emocionar a todos os adultos. É chegada a hora do Super Friends Spirits.

Se hoje o Anime Friends é o sucesso que é, em grande parte isso se deve ao fato de ter inovado o conceito de convenção de desenhos animados japoneses quando em 2003 realizou dentro do primeiro Anime Friends a primeira edição do Super Friends Spirits, um grande show de encerramento com os intérpretes originais dos animesong’s preferidos dos frequentadores do evento.

Com o sucesso crescente do Super Friends Spirits a cada ano, a Yamato Corp, empresa que realiza o Anime Friends, começou a trazer atrações internacionais nos dois fins de semana do evento, antes reservado apenas aos últimos dias.

Em sua oitava edição, o Anime Friends 2010 realizou duas edições do Super Friends Spirits, cada fim de semana com uma seleção diferente de artistas.

No dia 11 de julho, o palco do Anime Friends se tornou o centro de um grande tokusatsu show, trazendo ao evento três dos maiores intépretes das músicas que embalam os grandes seriados japoneses que foram e são sucesso no Brasil. São eles:

• AKIRA KUSHIDA
O cantor japonês é o intérprete de várias músicas de seriados japoneses conhecidos no Brasil, como Jaspion, Jiraya, Sharivan, Jiban entre outros. Esteve no Brasil pela primeira vez em julho de 2003 na primeira edição do evento Anime Friends junto com o também cantor Hironobu Kageyama e o ator Hiroshi Watari. Foi, junto com Kageyama, um dos cantores de animesong que mais se apresentou no Brasil, incluindo um show no Anime Friends 2009 que fez parte de sua turnê mundial.

Kushida agitou o palco do Anime Friends em todas as vezes em que esteve presente.

• TAKAYUKI MIYAUCHI
Japonês, nascido na cidade de Ibaraki no dia 4 de fevereiro de 1955. Dono de uma voz bonita e possante, é chamado carinhosamente pelos fãs de Myanii. Fez músicas para várias séries em tokusatsu e anime, dentre elas Winspector, Solbrain e Kamen Rider Black RX. Em julho de 2005 esteve no Brasil no evento carioca Anime Family e uma semana depois de apresentou no evento paulista Anime Friends. Também compareceu em julho de 2007 no SANA em Fortaleza-CE junto com o também cantor Akira Kushida. E agora volta ao palco do Anime Friends para mostrar toda a força de sua voz.

O cantor ficou famoso aqui por interpretar músicas dos tokusatsus dos anos 90.

• SHINICHI ISHIHARA
Shinichi Ishihara é cantor e dublador.Nasceu em 26 de maio de 1960 na província de Yamanashi e ficou famoso por cantar as músicas tema de Kamen Rider Agito e Sentai Kyuukyuu GoGo-V entre outras temas de abertua de diversos tokusatsus, onde seu principal sucesso são as canções compostas para o tokusatsu B-Fighter.

O artista também é conhecido por suas excelentes versões cover de animesong's.

ENFIM O SHOW

O show teve um tempo aproximado de 2 horas e seguiu com o seguinte set-list:

01 – Kyu Kyu Sentai GoGo V (Abertura de GoGo V)
02 – Juukou B-Fighter (Abertura de B-Fighter)
03 – Tokkei Winspector (Abertura de Winspector)
04 – Kyou No Ore Kara Ashita No Kimi E (Encerramento de Winspector)
05 – Kidou Keiji Jiban (Abertura de Jiban)
06 – Ginga no Tarzan (Inserção em Jaspion)

MC

07 – Chikyuu Koukou (Encerramento de B-Fighter)
08 – Ore Ryuu!! Geki Violet (Inserção em Gekiranger)
09 – Tokkyu Shirei Solbrain (Abertura de Solbrain)
10 – Tokusou Exceedraft (Abertura de Exceedraft)
11 – Unare! Jikou Shinkuu Ken (Inserção em Jiraiya)
12 – Jiraiya (Abertura de Jiraiya)

MC

13 – Kamen Rider Agito (Abertura de Kamen Rider Agito)
14 – Kamen Rider Black RX (Abertura de Kamen Rider Black RX)
15 – Chou Wakusei Sentou Bokan Daileon (Tema de Daileon)

ENCORE
16 – Uchuu Keiji Gyaban (Abertura de Gyaban)
17 – Ore ga Seigi da! Juspion (Abertura de Jaspion)

É de comum acordo entre os fãs que o melhor Super Friends da história do Anime Friends foi a edição realizada em 2007, quando o evento completou 5 anos. Na ocasião, se apresetaram no show Hironobu Kageyama, Nobuo Yamada, Yoko Ishida, Masaaki Endoh, Kouji Wada e Mojo.

Nesta edição, a Yamato “criou” uma receita de show que agrada tanto gregos como troianos: haviam dois cantores superstars (Kageyama e Yamada), um cantor de temas predominantemente antigos (Mojo), dois cantores de temas predominantemente recentes (Kouji Wada e Masaaki Endoh) e uma voz feminina (Ishida) para interpretar os temas que exigem uma voz feminina.

Nobuo Yamada no Super Friends Spirits de 2007. Foto do site KENSHIN!

Mesmo sem serem cohecidos do grande público, Mojo e Ishida fizeram parte essencial do que é o Super Friends Spirits: uma oportunidade de conhecer vários cantores japoneses ao mesmo tempo em que todos curtem grandes hits desse universo, como Pegasus Fantasy e Chala-Head-Chala.

Agora em 2010, o sucesso do Super Friends Spirits o dia 11 se deve a “receita” do show ter sido parecido com o de 2007, se levado em conta, é claro, suas devidas proporções.

Kushida foi o cantor superstar da vez e aquele que compõe as músicas antigas (considerando a “Geração Manchete” como a mais antiga do Brasil), Miyauchi foi o intéprete das músicas hits de uma geração (a “Geração Cavaleiros do Zodíaco”) e Ishihara foi o cara que foi apresentado ao público (mesmo ele já tendo vindo ano passado, sua apresentação não foi tão brilhante como a desse ano).

A receita pode ser boa, mas o bolo não fica bom se deixa-lo muito tempo no forno, felizmente, esse ano a Yamato não deixou o show “queimar”.

Um pouco depois da apresentação da banda Tatsu (que também foi a banda do show principal), Ishihara já entrou no palco esbanjando simpatia com GoGo V, seguindo com B-Fighter, o cantor logo fez a alegria dos fãs de tokusatsu, cantando duas de suas principais músicas.

Ishihara fez a sua melhor apresentação no Brasil no dia 11.

Quando Miyauchi entrou cantando Winspector, os fãs já saltaram de felicidade, já que ele era um dos cantores mais aguardados da noite, visto que foi em 2008 a última vez que subiu no palco do Anime Friends.

Mas não houve melhor entrada que a de Akira Kushida, que provou mais uma vez o porquê de ser um dos catores mais adorados em terras tupiniquins. Envolto da bandeira do Brasil, Kushi-kun (como gosta de ser chamado) abriu sua apresentação no Brasil com Jiban, um dos temas mais cultuados no universo tokusatsu.

Um dos pontos mais emocionantes do show, foi o bate-papo com a platéia junto do mestre de cerimônias (MC) Ricardo Cruz, que ia traduzindo a conversa entre artistas e fãs.

Ricardo Cruz mediando a conversa entre os artistas e os fãs.

Durante a conversa, Miyauchi disse que foi graças a força que recebeu dos fãs brasileiros em sua apresentação no país em 2005 que ele tomou coragem para vencer uma grave doença a qual fazia anos que enfrentava a anos. Hoje, curado, Miyauchi disse que considera como uma de suas missões de vida cantar para o público brasileiro que tanto o ajudou em um momento muito dificil de sua vida.

Entre o fulgor dos fãs, músicas adoradas pelo público e algumas novidades, o trio seguiu com o set-list arrancando elogios a cada performance.

Um dos momentos mais bizarros e divertidos do show, aconteceu quando Kushida resolveu fazer a dança -do-siri em pleno palco, e ainda fez questão de falar no segundo MC que aprendeu isso no programa Pânico na TV.

O encerramento não poderia ter sido melhor, com Kushida, Ishihara e Miyauchi cantando juntos o tema de abertura de Jaspion, o tokusatsu mais famoso da história do Brasil.

Mesmo com o fim do show, a impressão que dava é que os artistas queriam mais tempo no palco para aproveitar a alegria e ocontentamento dos fãs com o show.

Miyauchi emocionou o publico com Winspector.

Apesar de muito bem escolhido, o set-list poderia ter sido maior. Os cantores perderam uma grande chance de apresentar mais novas músicas para os fãs, como os temas de inserção de Wispector e Solbrain, e engrossar o tempo de duração do show.

O show foi marcante, histórico, sensacional. Mas deixou um grande nicho de público a ver navios. Apesar do evento se chamar ANIME Friends, a Yamato apenas selecionou artistas de tokusatsus. E uma das poucas, e boas, músicas de anime que poderiam ter sido interpretadas, Red Baron de Shinichi Ishihara, foi deixada de lado.

Algo que também teria feito a diferença e não foi realizado, foi uma tarde de autógrafos com os cantores. Do mesmo jeito que os fãs querem estar mais próximos de seus ídolos, acreditos que os três artistas teriam gostado muito de conceder um “tempinho” a mais para quem os tanto admira.

A Yamato está de parabéns por ter montado o melhor show de animesong’s que o Brasil já teve desde 2007, mas ainda há muito que melhorar para que os visitantes do Anime Friends possam sair so evento com a mesma sensação que saíram aqueles que assistiram o show de comemoração aos cinco anos do evento, aquele que faz cada fã suspirar palavras como “o melhor da minha vida”.

*Todas as fotos assinadas pelo site foram tiradas por Davi Jr. e Eva-Chan.

VIDEOS

Confira a seguir vários vídeos do Youtube que trazem videos capturados por camera caseiras por fãs. O áudio e o video não estão lá grande coisa, mas dá para sentir um pouco do gostinho do show.

• Entrada de Akira Kushida com a Bandeira do Brasil – Kidou Keiji Jiban

Akira Kushida – Jiraya

Akira Kushida – Chou Wakusei Sentou Bokan Daileon

Takayuchi Miyauchi – Tokkyu Shirei Solbrain

Takayuchi Miyauchi – Tema de Abertura de Kamen Rider Black RX

MC – Ricardo Cruz, Kushida, Miyauchi e Ishihara

Encerramento – Ore ga Seiji Da Juspion

Os Simpsons em versão Sayajin

Veja até onde pode chegar a criatividade humana!

Como se não bastassem 508 episódios para TV, mais de 20 filmes, 42 volumes de mangá, recordes de audiência em todo mundo, um filme em hollywood (meio tosco, mas tá lá), centenas de miniaturas, dezenas de jogos e uma versão remasterizada de sua principal saga, Dragon Ball, a maior série japonesa de todos os tempos parece não dar sinais de ter os investimeos em sua franquia encerrada.

Ao mesmo tempo, com números tão significativos quanto Dragon Ball, temos Os Simpsons, o maior desenhos animado de todos os tempos, que conseguiu ao longo de suas atuais 21 temporadas conseguiu se tornar o maior fenômeno de cultura pop dos anos 90.

A semelhança entre as duas séries? Fora seu grande número de recordes, grande númeor de episódios e grande número de fãs, temos um video um tanto quanto inusitado que vêm sendo veiculado na rede a um tempo.

Trata-se de um clipe que trás uma versão de Springfield de Goku e seus amigos. Temos Bart Simpson como Goku, Marge como Bulma, Homer como Tenshin-han e o senhor Burns como… É melhor que você mesmo veja.

Realizado pelo site Mangomics.com, o vídeo ainda traz a segunda música de abertura do anime em sua versão original, cantada por Hironobu Kageyama, para ilustrar a animação. Confira:

Masami Okui: doçura nos animesong’s

Se Hironobu Kageyama é o príncipe dos animesong’s, não há candidata melhor ao título de princesa do que Masami Okui. Tanto pela quantidade de trabalhos como pela relevância de cada um deles, a cantora que completou 42 anos neste último 13 de março, merece um lugar de honra na corte.

Okui: "Cantar faz bem para o coração, expressar os sentimentos. Um presente de deus."

Okui já mostrava seu talento musical desde criança, “Quando era criança, eu gostava de cantar, então meus pais viram um programa local de Osaka chamado Shirouto Meiji Kai, e eles me levaram para participar. Eu venci o prêmio Meiji, e após isso meus pais começaram a me encorajar a cantar.” relembra a cantora.

Com o passar do tempo, seu objetivo sempre foi alcançar um lugar de sucesso na disputada indústria fonográfica japonesa. Ao terminar o ensino básico, a jpvem entrou para a Osaka Geijutsu Daigaku – a universidade de Artes de Osaka, mas foi ao decidir largar os estudos e seguir para Tóquio, que a Okui deu seus primeiros passos para o início de sua carrira.

Aos 21 anos, ela conseguiu participação com back-vocal das cantoras Tomoyo Harada, Yuki Saito e Wing e como dançarina de palco de Yumi Matsutoya, participando de quatro shows de sua turnê.

A cantora gosta de ouvir Maria Takeuchi, Yumi Matsutoya, salmos e músicas religiosas.

Apesar de nunca ter galagado ser uma cantora de animes, até porque a indústria passava por várias transformações nos anos 90 e a tendência era que deixasse de existir, sua primeira gravação foi a música “Dare yori mo Zutto…”, do OVA (Original Video Animation) Fantasia.

O “boom” na carreira de Masami Okui aconteceu a partir de 1995, com novos singles, álbuns e sua primeira gravação internacional, e pela primeira vez contou com ajuda de músicos estrangeiros. Ainda nos anos 1990 lançou pelos selos da STAR CHILD e King Records cerca de 15 álbuns solos, em parcerias com os produtores da segunda gravadora: Toshimichi Otsuki e Toshiro Yabuki, dentre eles o álbum “Do-can” (uma alusão à palavra em inglês “can do”, ao contrário) em 1998, na ocasião todos os cenários dos vídeo clipes e do encarte foram gravados e produzidos em Las Vegas, nos EUA. Em 2000, no álbum “NEEI” Okui trabalhou com os músicos norte-americanos Steve “Luke” Lukather (vencedor do Grammy Ward e guitarrista da banda Toto) e o baixista da banda Mr.Big: Billy Sheehan.

A crescente popularidade no mundo dos animes, levou Okui a se tornar colunsta da pincipal revista voltada ao gênero de animação, a Newtype e ainda a apresentar o programa de televisão musical chamado “M-VOICE” na TV Osaka, ao lado de Noboru Hisashi.

Rondo Revolution, abertura de Utena, ainda hoje é um dos maiores sucessos de Okui.

Em sua carreira solo, os trabalhos que mais ganharam repercussão mundial, foram os temas de abertura de Revolution Girl UTENA (“Rondo Revolution” e “Toki Ni Ai Wa“), Slayers (“Process”),Jungle de Ikou  (Spirit of the Globe) e YU-GI-OH! (“Shuffle” e “Ano Hi no Gogo”).

Tal desempenho levou Hironobu Kageyama, leader-band da consagrada JAM Project (Japanese Animesong’s Makers) a convida-la em 2003, a integrar a maior banda de animesong’s de todos os tempos. Okui sempre se declarou fã da banda “LAZY“, primeira banda de Kageyama e aceiteou o convite.

Okui integra a formação do JAM Project mais querida pelos fãs.

Com o anúncio da saída de Eizo Sakamoto e a chegada de Masami Okui e Yoshiki Fukuyama, a banda inicou uma nova fase. Músicas como Skill, Litle Wing, Salvage, Protect You e Divine Love, não seriam as mesmas sem a partipação da cantora, que contribui tanto cantando, quanto compondo para a banda.

Em 2004, a canora recindiu seu contrato com a King Records, e com o apoio da empresa Geneon Entertaiment, fundou sua própria gravadora, a Evolution, com o anúncio oficial em 29 de julho, poucos dias após, ter se apresentado pela primeira vez no Brasil, durante o Anime Friends 2004. O primeiro trabalho da gravadora foi promover um concurso de talento musical, que resultou na descoberta da cantora Tomoe Ohmi, que ainda ganhou um lugar como apresentadora do programa Anipara Ongakukan no canal Kids Station, junto com Hironobu Kageyama e Masaaki Endoh.

Apaixonada por perfumaria, a cantora ainda lançou seu prórpria linha de cosméticos em 2006, o Unity. Agora os fãs teriam a oportunidade de carregar consigo um pouco do cheiro de Okui.

Self Satisfaction: inclusive a foto de capa foi tirada pela própria cantora.

A cantora respira doçura e bom-humor, tendo tanto carinho por seus fãs como estes tem por ela. Apaixonada por fotografia, ela sempre carrega uma camera fotográfica com ela, chegando a colecionar fotos de paisagens e fãs de todo o mundo. Foi esse seu hobby que compôs o encarte do seu álbum “Self Satisfaction” lançado em 2009, que estampa fotos tiradas por ela mesma. O álbum inclui ainda regravações de músicas que ela compôs para outros artistas, como a música “Divine Love”, composta pra o JAm Project e interpretada por Hiroshi Kitadani.

O trabalho mais recente de Okui é o álbum “i-magination“, uma coletânea de singles e músicas inéditas lançadas em 2 de fevereiro de 2010. Um dos destaques desse trabalho é a música “Miracle Upper” que a cantora gravou junto com a ascendente cantora May’n.

Masami Okui desenvolveu um estilo mais alternativo para compor o encarte do novo CD.

Hoje, a cantora que adora comer Angel Pie e Happy Turn (doces japoneses), beber Megucha (chá de trigo), praticar Aura-Soma (uma espécie de meditação) e visitar a Torre de Tóquio, é uma das cantoras mais consagradas de todo o Japão, seja dentro ou fora do mundo dos animesong’s, sendo que seus álbuns e singles, seja junto com o JAM Project ou em carreira solo, conquistam cada vez mais fãs no Brasil e no mundo.