NEXT CONQUEROR

o blog do Davi Jr.

Arquivos de tags: J-Music

RESENHA: Ressaca Friends 2013 – 10º aniversário com o show da banda Flow!

Quem poderia adivinhar que a edição de 10 anos do Anime Friends (leia a resenha aqui) traria uma surpresa que deixaria os fãs em tamanha euforia para o último evento de cultura pop do ano? Após quase 6 meses de espera, finalmente os fãs puderam curtir o Ressaca Friends 2013 com um incrível show do Flow!Ressaca

RESSACA FRIENDS 2013

Se o Ressaca Friends voltar a ser realizado na Universidade Cruzeiro do Sul em sua edição de 10 anos já foi uma grata surpresa, o que dizer de um evento que surpreendu ao trazer um show internacional após em sua 10ª edição?

O que dizer então quando os fãs souberam que o show internacional deste evento seria nada menos que uma das maiores bandas jovens do Japão e uma das que mais tem fãs no Brasil?

Pois é. Assim como o Anime Friends, a Yamato Eventos decidiu que 2013 seria o ano que seus eventos receberiam a melhor edição de todos os tempos e o Ressaca Friends, como irmão mais novo do maior evento de cultura pop da América Latina, não ficou de fora.

Com diversas atrações nacionais, dubladores, estandes com produtos cada vez melhores e mais variados (o que demonstra uma profissionalização de empresas que trazem produtos japoneses para o Brasil) e uma diversidade de campeonatos que fizeram a alegria dos fãs, o Ressaca Friends foi um evento completo, mas o que mais se ouvia em todos os cantos e principalmente próximo ao palco principal era: que horas começam o show do Flow?

Os estandes do evento contam com produtos cada vez melhores e mais variados!

Os estandes do evento contam com produtos cada vez melhores e mais variados!

FLOW

FLOW é uma banda composta por cinco pessoas, sendo eles dois vocalistas, um guitarrista, um baixista e um baterista.

Ela foi originalmente formada em 1993 por TAKE e seu irmão mais velho KOHSHI. Em 1998, o nome foi mudado para FLOW e em 2000 foi formada a banda que conhecemos hoje, com a entrada de mais membros para o grupo: GOT’S (baixo), KEIGO (vocalista) e IWASAKI (baterista).

Em abril de 2004 a música “GO!!!” foi escolhida para ser abertura do tão conhecido anime Naruto (que já era muito popular nesta época). Assim, esta música tornou-se extremamente popular e foi a porta para que a banda fosse responsável por outros temas de animes, sendo “DAYS”, tema de Eureka Seven, um exemplo. O álbum “FLOW ANIME BEST” inclui dez dessas aberturas feitas por eles, sendo lançado em abril de 2011 no Japão e no mês seguinte teve sua estreia nos EUA.

Com sua comemoração de 10 anos da banda e os convites de eventos de anime vindos de todo o canto do mundo, a banda FLOW decidiu expandir sua atuação, fazendo shows em outros países, principalmente depois de serem escolhidos para fazer o tema da música do mais recente filme de DBZ, o “Dragon Ball Z: A Batalha dos Deuses”.

Cosplayers fizeram bonito!

Cosplayers fizeram bonito!

Pouco antes das 18h30, a agitação dos fãs já era geral. Parecia um sonho que realmente o Flow estaria no Brasil. Mesmo com um palco pequeno muito abaixo do que a banda merecia, o aglomerado de fãs em todos os cantos do palco fazia a energia ser sentida de longe.

Pontualmente no horário marcado, Flow entrou em palco e começou a catar as atuais músicas de trabalho da banda, o que fazia os fãs sentirem um misto de orgulho e euforia únicos que se misturavam em gritos e pulos!

Ao iniciar a cantar os animsongs os fãs foram a loucura, desde o momento em que Keigo soltou a frase “Are you ready, Brasil?”. Se as músicas de Code Geass foram um arraso, foi quando a banda tocou Fighting Dreamer que o espetáculo chegou ao seu ápice!

Com uma despedida em ritmo de futebol e cheia de alegria, banda e fãs sentiram uma energia única em que oriente e ocidente esquecem suas diferenças sociais, culturais e comunicacionais, fazendo da despedida, uma promessa de voltar a guiar multidões!

RESSACA FRIENDS + FLOW

O que parecia nunca acontecer, finalmente começou ao Brasil: com o show do Flow, é possível que muitas bandas de renome do Japão venham para as terras tupiniquins fazer a alegria dos fãs e aproximar os laços entre o Brasil e a Terra do Sol Nacente.

Flow se despediu com uma foto épica!

Flow se despediu com uma foto épica!

Ainda há muito o que melhorar, principalmente em infra-estrutura. O local de realização do Ressaca Friends, apesar de perfeito para o formato do evento nesses 10 anos, não é o ideal para receber uma banda como o Flow, devido a baixa capacidade de acomodar os fãs junto ao palco.

Mesmo atraindo um público muito acima da média para o evento (com ingressos esgotados, inclusive), não foram poucos os fãs que não puderam curtir o show de encerramento do primeiro dia do evento.

Épico e eletrizante, o show do Flow foi o início de uma nova era para os shows de cantores japoneses no Brasil e o sinal cabal que a formatação dos eventos do Brasil, além do Anime Friends, precisam se adequar a essa nova era!

Anime Friends 2011: Akira Kushida e Psychic Lover confirmados + atrações da edição argentina

Depois de Nobuo Yamada, Takayoshi Tanimoto, M.O.V.E e Kaya, a Yamato Eventos confirmou a presença dos dois artistas que irão se apresentar no Super Friends Spirits, tradicional show com cantores japoneses intérpretes de animesongs, do primeiro fim-de-semana do evento:

• AKIRA KUSHIDA
O cantor japonês é o intérprete de várias músicas de seriados japoneses conhecidos no Brasil, como Jaspion, Jiraya, Sharivan, Jiban entre outros. Esteve no Brasil pela primeira vez em julho de 2003 na primeira edição do evento Anime Friends junto com o também cantor Hironobu Kageyama e o ator Hiroshi Watari. Foi, junto com Kageyama, um dos cantores de animesong que mais se apresentou no Brasil, incluindo um show no Anime Friends 2009 que fez parte de sua turnê mundial.

Kushida agitou o palco do Anime Friends em todas as vezes em que esteve presente.

• PSYCHIC LOVER
A dupla Psychic Lover ganhou fama no cenário das animesong’s após diversos trabalhos com tokusatsus e animes, onde se destacam as canções para Shinkenger, Decaranger e Ring Ni Kakero. A banda já foi formada por 6 integrantes, mas hoje é composta apenas pelo vocalista Yoshiyuki “YOFFY” Wada e o guitarrista Tatsuhiro “Imajo” Imajo. A dupla também integra o “Project R”, equipe de músicos formada pela Toei Animation para compor as canções de suas produções.

Yoffy e Imajo prometem arrasar no palco do Anime Friends 2011!


ATUALIZE SUA AGENDA PARA O ANIME FRIENDS 2011:

• 09 e 10 DE JULHO
Super Friends Spirits com Akira Kushida e Psychic Lover.

• 16 DE JULHO
Yamato Music Station com Kaya e M.O.V.E.

• 17 DE JULHO
Super Friends Spirits com Nobuo Yamada e Takayoshi Tanimoto.

ANIME FRIENDS ARGENTINA TAMBÉM TEM NOVIDADES

Realizado pelo terceiro ano consecutivo, o Anime Friends Argentina acontecerá em Buenos Aires nos dias 23 e 24 de julho e também trará ao artistas internacionais como atração principal. Os nomes confirmados são os mesmos do segundo fim de semana da edição Brasil:

23 DE JULHO
• Yamato Music Station: Kaya e M.O.V.E.

24 DE JULHO
• Super Friends Spirits: Nobuo Yamada, Takayoshi Tanimoto e Ricardo Cruz.

A única novidade para nossos hermanos é uma participação mais ativa de Ricardo Cruz,Ricardo Cruz, brasileiro membro da banda japonesa JAM Project (a banda de Hironobu Kageyama, cantor de Soldier Dream) e cantor do tema brasileiro de Pegasus Forever. Provavelmente Ricardo Cruz também dará as caras na edição Brasil, mas apenas para abrir o show e para servir de intérprete nos free-talks dos artistas.

Pegasus Fantasy – as versões de Eizo Sakamoto

Pegasus Fantasy. Bastou uma música para que Nobuo Yamada fosse considerado até hoje um dos maiores intérpretes de animesong’s de todos os tempos. A música repercutiu tanto na carreira do cantor que estimulou a diversos outros cantores de sucesso no Japão a gravar suas próprias versões de um dos temas de anime mais cultuados no Japão. Um desses cantores é Eizo Sakamoto.

Mesmo que você não conheça muito de animesong’s,já deve ter ouvido falar em Eizo Sakamoto. Isso porque o cantor foi um dos poucos cantores de Heavy Metal japonês que conseguiu se libertar das fronteiras da Ásia e ser reconhecido em todo mundo como, segundo eleição da revista BURRN! em 2008, como um dos 15 maiores vocalistas que Heavy Metal já teve no mundo.

Nascido em 26 de fevereiro de 1964, a carreira do cantor decolou nos anos 80, onde, como vocalista da banda ANTHEN, Eizo foi considerado um dos maiores expoentes do Heavy Metal japonês. Sua busca era sempre seguir uma linha heavy tradicional como principal característica. O grupo era formado inicialmente por Eizo Sakamoto (vocal), Hiroya Fukuda (guitarra), Naoto Shibata (baixo) e Takamasa Ohuchi (bateria).

Mas foi nos anos 90 que o cantor passou a se relacionar com o universo dos animesongs, quando fundou a banda Animetal.

• ANIMETAL

“Por que não misturar canções de anime com metal?”. A conceito do Animetal surgiu de uma conversa casual entre Eizo Sakamoto, Yoshio Nomura e Yorimasa Hisatake (que depois seria o produtor da nova banda do amigo).

A partir de uma idéia simples, porém inovadora, nascia o Animetal. A banda nasceu em 1996 e seguiu na ativa até 2006. Mesmo para os mais céticos, os números da banda impressionam: a banda conta com 14 álbuns, 17 singles, 6 DVDs e 13 ex-integrantes. A última (e principal) formação da banda foi Eizo Sakamoto (fundador da banda e vocalista, 1996-2010), Syu (guitarrista, 2003-2006), Masaki (baixista, 1997-2006), Katsuji (baterista, 1997-2006) e Mie (vocalista feminina “Animetal Lady”, 1997-2006).

A banda foi tão bem sucedida, que hoje em dia o nome da banda, Animetal, é comumente usado como gênero musical que transforma musicas de anime em Heavy Metal.

Pegasus Fantasy foi gravada no CD Animetal Marathon V, em 2003, mesma época que os OVA’s de Hades Chapter Sanctuary estavam sendo comercializados no Japão. Aqui o tracklist do álbum, que conta com dois discos:

1. Satsuriko no Juuika
2. Pegasus Fantasy
3. Toushi Gordian
4. Choujin Sentai Baradakku
5. Try Attack!
6. Starhingar no Uta
7. Roller Hero Mutekingu
8. Midnight Submarine
9. Yume no Funanori
10. Kinnikuman Go Fight!
11. Hoonoo no Kinnikuman
12. Tough Boy
13. Yoroshiku Turning
14. Moete Hero
15. Touch
16. The Chanbara
17. Lupin III Theme
18. Battle Fever J
19. Ah, Denshi Sentai Denji-Man
20. Taiyou Sentai Sanbarukan
21. Daisentai Googuru V
22. Chou Denshi Bio-Man
23. Choujuu Sentai Live-Man
24. Red Balon
25. Mach Balon
26. Otokono Misao-Seishun
27. Ganbalon ’77
28. Ikuzo! BD7
29. Fight! Dragon
30. Kakero Ban-Kid
31. Ryuusei Ningen Zone
32. Kamen Rider Super 1
33. Kamen Rider Black
34. Kamen Rider Black RX
35. Gyakuten Ippatsu-Man
36. Yattodeta-Man no Uta
37. Otusuke-Man no Uta
38. Zenda-Man no Uta
39. Yattaa-Man no Uta
40. Zankoku na Tenshi no Teeze
41. Tomorrow Never Dies

O CD conta com diversos sucessos de temas de animes que causaram furor no Japão. A versão deste álbum foi a primeira em que Pegasus Fantasy foi cantada em Heavy Metal. Confira a versão estúdio da música em full version junto com um vídeo criado por fãs:

Essa é considerada a melhor versão da música na voz de Eizo Sakamoto que gravou a música mais duas vezes em 2009.

• EIZO JAPAN I

Por diversas vezes Eizo Sakamoto já admitiu ser um fã inveterado de de animações japonesas. Assim, mesmo com o fim do Animetal, Eizo Sakamoto continuou sua carreira solo tanto com seu estilo Heavy Metal quanto cantando covers dos temas de seus animes favoritos. Pegasus Fantasy integrou seu primeio álbum, intitulado Eizo Japan I, dedicado a essas canções solo, sendo que a música já ganhou duas faixas. Eis o tracklist do álbum:

01. GLACIER (Instrumental)
02. Engine Sentai Go-onge
03. Pegasus Fantasy (Saint Seiya)
04. Butter-Fly (Digimon)
05. Unbalance na Kiss o Shite (Yu Yu Hakusho)
06. Turn A Turn (Turn A Gundam)
07. Geki! Teikoku Kagekidan (Sakura Wars)
08. Kimi o Nosete (Laputa Castle in the Sky)
09. DELUGE (Instrumental)
10. Dengeki Sentai Changeman
11. Aiai Mikochan (Norakuro)
12. Kioku no Umi (School Days)
13. Hana – Shinomori Aoshi no Theme (Rurouni Kenshin)
14. Towa no Mirai (Rurouni Kenshin)
15. Pegasus Fantasy Acoustic Version (Saint Seiya)

A faixa 03 conta com uma releitura da primeira versão do Animetal, com algumas alterações de Eizo, o que deixam a música muito original.

O primeiro minuto da música é o refrão da Pegasus Fantasy clássica em formato music box (caixinha de música). Especula-se que essa introdução foi colocada na música em homenagem ao filho de Eizo, já que o cantor declarou uma vez que cantava Pegasus Fantasy e Butterfly (tema de abertura de Digimon Adventures) como canção de ninar ao seu garoto.

A música segue com um instrumental pesado, com forte presença da bateria e do vozeirão de Eizo, com direitos a muitos gritos metálicos. A música assusta o início, já que é bem mais agressiva que todas as versões (seja do Make-Up ou do Animetal) que a precederam. Mas a música se mostra muito interessante a medida que avança, principalmente pelos dois solos de guitarra (bem diferente do composto por Hiroaki Matsuzawa) e pelo coral metálico que acompanha Eizo em alguns pontos da música e que ainda garantem um solo quase no final, que é finalizada com mais alguns segundos do Music Box do início da música.

A faixa 15 (última do CD), foi intitulada de Acoustic Version, mas caberia mais que fosse chamada de Latina Version. Isso porque Eizo se utilizou de diversos sons e instrumentos que resultaram num tom que muito lembra os arranjos de músicas hispânicas e sul-americanas.

Especula-se que esse som latino não é mera coincidência. Desde que Eizo se apresentou no Anime Friends 2004, o cantor passou a visitar a América Latina com muita frequência, sendo sempre muito bem recebido. Em retribuição a hospitalidade e ao carinho desse público, acredita-se que essa acoustic version seja uma homanagem que o cantor fez ao nosso povo. Acompanhe:

Próxima postagem: as versões dos integrantes do JAM Projec

 

JAM Project grava a música Hero em português!

Desde meados de 2009, Ricardo Cruz havia anunciado em seu blog que o JAM Project havia gravado uma versão em português da música Hero, que já havia recebido uma versão em inglês. A gravação foi realizada enquanto Cruz estava realizando junto com a banda a turnê Hurricane Tour 2009 pelo Japão e alguns países da Ásia.

Muito se especulou se a música seria ou não lançadas, já que desde o anúncio, diversos singles e até mesmo dois ábuns completos foram lançados e nada da música na língua brazuca aparecer nos CDs.

Finalmente em 2010, foi anunciado o box JAM Project 10th Anniversary Complete BOX, uma coletânea com 12 discos incluindo todos os albuns que a banda já havia lançado e mais alguns exclusivos. Entre eles o disco 8 trazia diversas músicas da banda em línguas diferentes, incluindo a tão aguardada Hero em português.

Confira agora o video da música com karaokê para poder aprender a letra e sair cantarolando por aí:

A atual formaçãodo JAM Project é:

Hironobu Kageyama: cantor dos temas de abertura de Changeman, Dragon Ball Z, Os Cavaleiros do Zodiaco, Sonic X entre outros. É conhecido como o Príncipe dos Animesong’s e é o líder do JAM Project.

Masaaki Endoh: cantor dos temas de Abaranger, Ecogainder, Street Fighter Victory, entre outros. É conhecido como o Leão dos Animesong’s.

Hiroshi Kitadani: cantor dos temas de abertura de One Piece, Ryukendo, entre outros. Foi o vocalista da banda de J-Rock Lapis Lazuli

Masami Okui: cantora dos temas de abertura de Slayers, Utena, Yu-Gi-Oh, entre outros. É colunista da revista Newtype, uma das mais populare publicações de animação no Japão.

Yoshiki Fukuyama: Cantor dos temas de Macross 7, entre outros. Faz os arranjos em Heavy Metal do JAM Project e já foi o vocalista da banda Fire Bomber.

Ricardo Cruz: Cantor dos temas de abertura brasileiro de Hunter X Hunter e Os Cavaleiros do Zodíaco Hades Inferno. Já foi o vocalista da banda Wasabi, redator da editora Conrad, tradutor de mangás e atualmente é o editor da revista musical Sax.

_ _ _ _ _ _

Comentário Davi Jr.: é incrível como o JAM Project mostra uma capacidade incrível de se superar a cada nova gravação. Hero é um exemplo de garra, dedicação e sonhos tão batalhados pela banda desde a sua formação.Imagine a dificuldade de japoneses cantando uma música em português, uma das línguas mais dificeis de se falar no mundo! Mesmo apesar dessa dificuldade a sonoridade da música ficou excelente!

A letra composta por Ricardo Cruz é fantástica! Dificil de ser expressada com palavras. Apenas os fãs de super heróis podem entender o sentimento infantil resgatado pela música. São sentimentos que superam o limiar da razão e atingem sonhos adormecidos a tempos.

Essa música mais uma vez como o JAM Project vem cruzando fronteiras e se tornando uma banda cada vez mais internacional. Uma banda que tem nichos de públicos em diversos localidades do globo e que os trata com os mesmos privilégios dos fãs de seu país natal.

Após uma década de banda e diversas formações, a banda se mostra cada vez mais sucesso e produzindo músicas de qualidade inigualável. Parabéns JAM Project. Parabéns Ricardo Cruz.

Falece Hiroaki Matsuzawa, guitarrista e compositor de “Pegasus Fantasy”

É com muita dor que escrevo esta postagem.

Faleceu neste última dia 18 de novembro, no Japão, aos 50 anos, vítima de infarto no miocárdio, o grande músico Hiroaki Matsuzawa, um dos maiores guitarristas da história do Japão. O artista é o compositor das maiorias das músicas da banda Make-Up, uma das bandas mais significativas do cenário do j-rock nos anos 70 e 80.

Líder da banda Make-Up, Matsuzawa ainda compôs um dos temas de animação de maior sucesso de todos os tempos, Pegasus Fantasy, maior hit d’Os Cavaleiros do Zodíaco, cantada por Nobuo Yamada, além de ser o guitarrista que toca o solo da música.

Novembro é o mês que fariam 2 anos da volta do Make-Up ao cenário do j-rock japonês. Neste curto tempo, eles lançaram um single e um mini-álbum, “The Voice From Yesterday“.

Além de Nobuo Yamada (NoB) como vocalista e Matsuzawa nas guitarras, o MAKE-UP ainda tinha Yohgo Konno nos teclados, Yasuoyoshi Ikeda no baixo e Yoshihiro Toyokawa na bateria. Nenhum dos  membros do MAKE-UP se manifestou oficialmente ainda sobre o falecimento de Matsuzawa

Com certeza, suas músicas e composições marcaram toda uma geração, no Japão e no Mundo, e a cada vez que forem executadas, homenagearão a genialidade e o talento do músico.

Descanse em paz, Matsuzawa-san.

Confira o videoclipe de Imagine interpretada pelas maiores estrelas do animesong!

De vez em quando a gente se depara com obras de arte que parecem transcender o limiar humano. São coisas que nos fazem rir, chorar, pensar, se emocionar e compartilhar sentimentos e ações. O video aqui postado vai ainda mais longe: mostra que toda grande obra de arte pode fazer parte de uma obra ainda maior!

No Japão, uma campanha da TWWF reuniu os maiores nomes dos animesongs para gravar nada mais nada menos que a música Imagine, de John Lennon e Yoko Ono.

Fizeram parte da gravação: Mami Ayukawa, Yoshifumi Ushima, Masaaki Endoh, Masami Okui, Hironobu Kageyama, Hiroshi Kitadani, Minami Kuribayashi, Hiromi Sato, Hiroki Takahashi, Kaori Hikita, Faylan, Yoshiki Fukuyama, Yumi Matsuzawa e Shunji Inoue.

A música foi posta para download via celular (restrito ao Japão) por 315 ienes a partir do dia 15 de outubro de 2009. A cada download, 100 ienes eram revertidos para obras de caridade, sendo destinadas a compra de refeições escolares para de todo o mundo.

Além de a música ter ficado uma obra prima na voz destes incríveis cantores, a gravação desta música mostra como ações simples (como ouvir uma canção) podem mobilizar empresas, ONG’s e pessoas a, juntos, ajudar a construir o mundo idealizado por John Lennon e Yoko Ono.

Apesar de ter sido lançada em 2009, o videoclipe da música foi pouco divulgado. Recentemente consegui o video em muito mal estado. Após o tratamento de imagem e som, e de quebra a inserção da legenda e da tradução da música, o resultado é este video abaixo. Espero que gostem do resultado.

REVIEW: Super Friends Spirits 2010 – dia 18

Sem dúvida alguma, a principal atração do dia 18 do Anime Friends 2010 foi mais uma vez o show de encerramento com os artistas internacionais, o Super Friends Spirits 2010. E, do mesmo jeito dos anos anteriores, a falta de informação sobre quem iria se apresentar se repetiu entre os visitantes.

Mesmo com o atraso de divulgação em seus veículos oficiais, a imprensa especializada em cultura pop japonesa e as redes sociais passaram a divulgar largamente o show e as artistas, mas a maioria de fãs presentes não fazia a mínima idéia que quem subiria no palco para encerrar o evento, apenas esperavam ver os hits mais famosos do mundo dos anime e mangás interpretados no gigante palco que a Yamato montou.

O fato é: apesar de numerosos, os fãs de animação tem um conhecimento muito ralo sobre os cantores de animesog’s, não procuram extender-se nesse universo, mas cobram a interpretação de Chala Head Chala no fim do evento.

Felizmente, a Yamato Corp percebeu isso após o fiasco do Super Friends Spirits de 2009 e montou um show que agradou gregos e troianos.

Batizado em homenagem aos grandes festivais japoneses de animesong’s (o Super Hero Spirits e Animelo) o Super Friends Spirits foi realizado também nos dois fins de semana (confira o review do dia 11 aqui) sendo que o dia 18 foi estritamente feminino, trazendo as cantoras Chihiro Yonekura, Misato Aki, Minami Kuribayashi e a dupla Piyo Rabbie.

• PIYO RABBIE
Famosa na região de Akihabara, a dupla PIYO RABBIE é formada por Sunao Yoshikawa e Namihe Usagino, integrantes do grupo Dear Stage. Seu single recentemente lançado conquistou 15º lugar na venda diária do Oricon (ranking dos discos mais vendidos no Japão) e o 1º lugar no ranking semanal de venda do mesmo. Atualmente a dupla realiza o chamado de “Ota-gei” (algo como “Arte de Otaku”), que são performances diferenciadas visando o entretenimento do público. Pela sua originalidade, a dupla é constantemente chamada para lecionar este tipo de performance também. No palco do Cofesta in Brasil, o PIYO RABBIE vem trazer um pouco de Akihabara para os brasileiros!

A "Arte Otaku" no Anime Friends 2010!

• MINAMI KURIBAYASHI
Nascida em Shizuoka, no dia 11 de Junho de 1976. Dubladora, ficou conhecida pela voz de Suzumiya Haruka, do anime Kimi ga Nozomu Eien, ainda inédito no Brasil. Além da dublagem, Minami Kuribayashi também atua como cantora, participando, inclusive, de grupos com outras famosas cantoras. Tem mais de 20 singles lançados e 5 álbuns e foi com a música de abertura Tsubasa wa ~Pleasure Line~, do anime Chrono Crusade que a fez famosa. Neste ano, se prepara para visitar o Brasil pela primeira vez, convidada pelo Anime Friends, e tocar seus principais sucessos no Palco Principal!

Pela primeira vez no Brasil, a cantora promete emocionar o público.

• MISATO AKI
Também uma cantora de j-pop, a cantora ficou conhecida internacionalmente graças as músicas ”Kimi ga Sora datta” encerramento do anime Mai Hime, que também é o nome do primeiro CD profissional da cantora, lançado em 2004  e “Scarlet Bomb!” abertura do anime Neddless. Já esteve no Brasil em 2008, quando se apresentou modestamente junto com os integrantes do JAM Project.

Aki Misato terá uma participação mais privilegiada dessa vez.

• CHIHIRO YONEKURA
Após inúmeras tentativas fracassadas de gravar um CD mandando suas músicas para grandes gravadoras japonesas quando ainda estava na universidade, Chihiro Yonekura teve sua grande oportunidade de estreiar na indústria fonográfica nipônica quando foi convidada a cantar a abertura de Mobile Suit Gundam: The 08th MS Team, “Arashi no Nakade Kagayaite”. A partir daí, seus principais trabalhos sempre foram destinados aos animesong’s. Um dos destaques é o seu album de covers, onde ela interpretou Zankoku na Tenshi na Teeze.

Chihiro brilha a cada novo trabalho envolvendo animesong's.

O show teve aproximadamente uma hora e meia de duração e contou com o seguinte set-list:

01 – Piyo Rabbie: Chala Head Chala
02 – Chihiro Yonekura: Will
03 – Misato Aki: Blood Queen
04 – Minami Kuribayashi: Precious Memories

MC

05 – Piyo Rabbie: Go
06 – Piyo Rabbie: Houki Boshi
07 – Misato Aki: Kimi ga Sora Datta
08 – Misato Aki: Here I am
09 – Chihiro Yonekura: Yakusoku no Basho e
10 – Chihiro Yonekura: Eien no Tobira
11 – Minami Kuribayashi: Yell!
12 – Minami Kuribayashi: Dream Wing

ENCORE
13 – Piyo Rabbie: Pegasus Fantasy
14 – Minami Kuribayashi: Tsubasa Wa ~Pleasure Line~
15 – Misato Aki: Shoujo Meiro de Tsukamaete
16 – Chihiro Yonekura: Arashi no Naka de Kagayaite

MC – ENCERRAMENTO

OS DOIS LADOS DA MOEDA

Há duas exigências básicas facilmente notada dos fãs que vão ao Anime Friends esperando um grande show com artistas internacionais: as dos fãs de animesongs e a dos fãs de animesogers.

De um lado, há uma gama de fãs de animesong’s que esperam religiosamente que as mesmas músicas do ano passado sejam interpretadas novamente. Esses fãs não se importam com quem está no palco, apenas desejam que seus temas favoritos sejam interpretados num mega palco e que as enormes caixas de som ressoem bem alto o nome de seu herói favorito. Muitas vezes esses fãs nem sabem quem é o cantor em questão, não conhecem sua carreira e dificilmente reconheceriam o cantor original de um cover.

Do outro lado, há uma parcela de fãs em menor número que é apaixoada por diversos segmentos da cultura japonesa e aos poucos foram conhecendo e se tornando fãs dos animesongers, os interpretes dos temas dos animes. Nesse grupo, muitas vezes acontece o reverso: talvéz o anime não seja de seu conhecimento, mas o cantor e a música eles conhecem, sabem cantar de cor e ainda esperam uma canção mais inovadora.

Esses dois grupos não são únicos ou mesmo absolutos. Numa “tribo” urbana tão rica e variada como são os otakus, variações ão faltam, do mesmo jeito, um ser tão diverso como é o ser humano, torna-se impossível limitar um jovem otaku a esses dois lados formulados acima. Por outro lado, essas classificações durkheinianas servem como um guia para se entender o que aconteceu no Super Friends Spirits 2010.

Aki Misato já havia passado pelo Brasil em 2008, mas neste ano sua apresentação superou as expectativas .

UMA SURPRESA

Pois bem, quase todas as atrações do evento já se encerraram e os fãs querem voltar para casa com a máxima experiência do evento: o Super Friends Spirits. Todos no palco para contempla-la.

No dia 18, dia mais lotado do evento (veja review aqui) área para os fãs assistirem o show estava bem mais vazia que nos anos anteriores, visualmente avaliando, podia-se dizer que capacidade total estava pela metade. E não é para menos, após as mancadas dos aos anteriores que contam com um show em playback do JAM Project (a maior banda de animesong’s da história) em 2008 e um fiasco de show em 2009, que além de curto trouxe cantores muito restritos em suas performances, muitos visitantes do Anime Friends começaram a tirar o crédito da grande atração do evento.

Após a banda Wasabi abrir o show com Zakoku na Tenshi no Teeze, subiu ao palco as primeiras atrações da noite, que para espanto geral não estava anunciada como parte integrante do Super Friends Spirits, a dupla Piyo Rabbie.

Anunciada como um show a parte, a dupla de covers começou com Chala Head Chala, tema de abertura de Dragon Ball Z. Muita gente se perguntava se o Super Friends Spirits realmente havia começado, já que se esperava, por mais tarde que fosse o show, que a dupla de Akihabara se apresentasse antes do show principal.

Com a entrada de Chihiro Yonekura cantando Will logo após a saída das Piyo Rabbie, tudo se confirmou: as dupla cover integraria o último show junto das outras três cantoras.

A dupla Piyo Rabbie agitou a noite!

PARA HOMEM NENHUM POR DEFEITO

Não só Chihiro Yonekura, mas Minami Kuribayashi, Misato Aki e as próprias Piyo Rabbie derão um show de simpatia e bom humor. Apesar de a grande maioria dos fãs presentes não conhecerem metade das músicas, o carisma das cantoras japonesas fizeram toda a diferença no show, estimulando a todos ficarem para contemplar sua performance.

Alegria é a palavra que mais caracteriza o show do dia 18. As cantoras pareciam não acreditar no que viam: milhares de pessoas se divertindo com suas músicas, seguindo suas coreografias e respondendo a todos os acenos, agrados e sorrisos que as cantoras transmitiam ao público.

Quando Misato Aki cantou Blood Queen, uma da músicas mais agitadas do show, a cantora parecia não acreditar que do outro lado do mundo haviam tantas pessoas que poderiam estar num show dela.

A felicidade de Chihiro Yonekura era tão grande que podia ser sentida do Japão!

OS OVOS DE OURO DA YAMATO

Mas o destaque geral foi das Piyo Rabbie. “Se é para ver cover, prefiro ver cover brasileiros” poderiam ter reclamado os fãs mais puristas, mas não teve quem não se divertiu com as performances da dupla de Akihabara, afinal, show de animesongs sem músicas de Hironobu Kageyama ou Nobuo Yamada não é show de animesong (pelo menos no Brasil).

Yonekura, Aki e Kuribayshi agradaram seus fãs no Brasil, trouxeram inovação e qualidade ao Super Friends Spirits, mas foram as Piyo Rabbie que fizeram do show um verdadeiro sucesso.

Se não fossem elas, mais da metade dos fãs que assisitiam ao show teriam desistido logo na metade, mas a esperança em ouvir algum hit mais atual motivou a maioria dos fãs que não conheciam as outras três cantoras a ficar na área do show.

Uma das coisas mais interessantes da performance das duas foi o “efeito Pegasus Fantasy“. Quando a dupla entrou no palco para interpretar a abertura d’Os Cavaleiros do Zodíaco, a área do show encheu. Não haviam mais espaços vazios, nem buracos para mochilas. Todos se aproximaram o máximo possível do palco para ouvir o maior hit japonês já vivido em terras brasileiras.

Com o sucesso das Piyo Rabbie no Super Friends Spirits 2010, a Yamato finalmente conseguiu seus ovos de ouro. Sempre que quiser inovar e trazer artistas mais desconhecidos do grande público, como foi nessa edição do evento, basta encaixar as Piyo Rabbie e agradar fãs de animesongs e fãs de animesongers.

E com o contrato do Yamato Corp com o Avez Group (gravadora japonesa das Piyo Rabbie), as apresentações de seus cantores no Brasil serão muito mais frequentes, e com o sucesso das Piyo Rabbie no CoFesta e no Anime Friends, elas estarão sempre no topo de prioridades. Não duvido que elas tenham mais fãs no Brasil que o Japão daqui a alguns anos.

Pegasus Fantasy foi o ponto alto do show!

E O ENCERRAMENTO?

Pegasus Fantasy foi a última música das Piyo Rabbie. A música ainda conseguiu prender muitos fãs para ouvir Minami Kuribayashi cantando Tsubasa Wa ~Pleasure Line~, tema de abertura de Chrono Crusade, anime de relativo sucesso no Brasil graças ao mangá publicado por essas bandas pela Editora Panini.

Minami Kuribayashi trouxe Tsuabasa Wa ~Pleasure Line~ para o palco principal.

O encerramento ainda teve Misato Aki cantando Shoujo Meiro de Tsukamaete e Chihiro Yonekura cantando Arashi no Naka de Kagayaite.
Infelizmente, a organização do evento cometeu um grave erro nesse encerramento. Como é de praxe, todos os anos o evento só acaba após todos os cantores do Super Friends Spirits se unirem ao palco para cantar um super hit juntos. Mas não foi o que aconteceu nesse ano.

Apesar do coro pedindo “Evangelion” (no caso, pedindo para que elas voltassem e juntas cantassem Zankoku Na Tenshi no Teeze), a música não aconteceu. Ao invéz disso, a mestre de cerimônias do evento se despediu de todos e de última hora (quando todos já estavam de costas para o palco) chamou todo mundo de volta para um último bate-papo com as cantoras (MC). Uma tremenda falta de respeito com o público ou, no mínimo, uma grande falta de organização do evento.

Apesar do bate-papo refletir o mesmo carisma e carinho das cantoras para com o público, este não recompensou os fãs com a música tão aguardada.

Esse encerramento fez com que a Yamato perdesse a oportunidade de “fechar o show com chave de ouro” e perdesse mais uma oportunidade de atrair mais fãs para a atração que fez do evento o sucesso que ele é hoje.

O último "tchau" do Super Friends Spirits mais feminino da história!

Em si, o show foi muito bom, agradou a gregos e a troianos, aqueles que apenas queriam ouvir seus temas favoritos e aqueles que esperavam novidades, ficou com um ar de que faltou algo. Algo que pode facilmente ser preenchido no ano que vem se o Super Friends Spirits resgatar um pouco de sua essência para ser realizado. Algo simples, fácil e que agrada.

*Fotos por NNNery

VÍDEOS

Confira a seguir vários vídeos do Youtube que trazem videos capturados por camera caseiras por fãs. O áudio e o video não estão lá grande coisa, mas dá para sentir um pouco do gostinho do show.
Piyo Rabbie – Chala Head Chala

Piyo Rabbie – Go!!!

Piyo Rabbie – Houki Boshi

Piyo Rabbie – Pegasus Fantasy

Chihiro Yonekura – Will

Chihiro Yonekura – Arashi no Naka de Kagayaite

Chihiro Yonekura – Eien no Tobira

Minami Kuribayashi – Precious Memories

Minami Kuribayashi – Tsubasa wa ~Pleasure Line~

Misato Aki – Kimi ga Sora datta

Aki Misato – Shoujo Meiro de Tsukamaete

Aki Misato – BLOOD QUEEN

Masami Okui: doçura nos animesong’s

Se Hironobu Kageyama é o príncipe dos animesong’s, não há candidata melhor ao título de princesa do que Masami Okui. Tanto pela quantidade de trabalhos como pela relevância de cada um deles, a cantora que completou 42 anos neste último 13 de março, merece um lugar de honra na corte.

Okui: "Cantar faz bem para o coração, expressar os sentimentos. Um presente de deus."

Okui já mostrava seu talento musical desde criança, “Quando era criança, eu gostava de cantar, então meus pais viram um programa local de Osaka chamado Shirouto Meiji Kai, e eles me levaram para participar. Eu venci o prêmio Meiji, e após isso meus pais começaram a me encorajar a cantar.” relembra a cantora.

Com o passar do tempo, seu objetivo sempre foi alcançar um lugar de sucesso na disputada indústria fonográfica japonesa. Ao terminar o ensino básico, a jpvem entrou para a Osaka Geijutsu Daigaku – a universidade de Artes de Osaka, mas foi ao decidir largar os estudos e seguir para Tóquio, que a Okui deu seus primeiros passos para o início de sua carrira.

Aos 21 anos, ela conseguiu participação com back-vocal das cantoras Tomoyo Harada, Yuki Saito e Wing e como dançarina de palco de Yumi Matsutoya, participando de quatro shows de sua turnê.

A cantora gosta de ouvir Maria Takeuchi, Yumi Matsutoya, salmos e músicas religiosas.

Apesar de nunca ter galagado ser uma cantora de animes, até porque a indústria passava por várias transformações nos anos 90 e a tendência era que deixasse de existir, sua primeira gravação foi a música “Dare yori mo Zutto…”, do OVA (Original Video Animation) Fantasia.

O “boom” na carreira de Masami Okui aconteceu a partir de 1995, com novos singles, álbuns e sua primeira gravação internacional, e pela primeira vez contou com ajuda de músicos estrangeiros. Ainda nos anos 1990 lançou pelos selos da STAR CHILD e King Records cerca de 15 álbuns solos, em parcerias com os produtores da segunda gravadora: Toshimichi Otsuki e Toshiro Yabuki, dentre eles o álbum “Do-can” (uma alusão à palavra em inglês “can do”, ao contrário) em 1998, na ocasião todos os cenários dos vídeo clipes e do encarte foram gravados e produzidos em Las Vegas, nos EUA. Em 2000, no álbum “NEEI” Okui trabalhou com os músicos norte-americanos Steve “Luke” Lukather (vencedor do Grammy Ward e guitarrista da banda Toto) e o baixista da banda Mr.Big: Billy Sheehan.

A crescente popularidade no mundo dos animes, levou Okui a se tornar colunsta da pincipal revista voltada ao gênero de animação, a Newtype e ainda a apresentar o programa de televisão musical chamado “M-VOICE” na TV Osaka, ao lado de Noboru Hisashi.

Rondo Revolution, abertura de Utena, ainda hoje é um dos maiores sucessos de Okui.

Em sua carreira solo, os trabalhos que mais ganharam repercussão mundial, foram os temas de abertura de Revolution Girl UTENA (“Rondo Revolution” e “Toki Ni Ai Wa“), Slayers (“Process”),Jungle de Ikou  (Spirit of the Globe) e YU-GI-OH! (“Shuffle” e “Ano Hi no Gogo”).

Tal desempenho levou Hironobu Kageyama, leader-band da consagrada JAM Project (Japanese Animesong’s Makers) a convida-la em 2003, a integrar a maior banda de animesong’s de todos os tempos. Okui sempre se declarou fã da banda “LAZY“, primeira banda de Kageyama e aceiteou o convite.

Okui integra a formação do JAM Project mais querida pelos fãs.

Com o anúncio da saída de Eizo Sakamoto e a chegada de Masami Okui e Yoshiki Fukuyama, a banda inicou uma nova fase. Músicas como Skill, Litle Wing, Salvage, Protect You e Divine Love, não seriam as mesmas sem a partipação da cantora, que contribui tanto cantando, quanto compondo para a banda.

Em 2004, a canora recindiu seu contrato com a King Records, e com o apoio da empresa Geneon Entertaiment, fundou sua própria gravadora, a Evolution, com o anúncio oficial em 29 de julho, poucos dias após, ter se apresentado pela primeira vez no Brasil, durante o Anime Friends 2004. O primeiro trabalho da gravadora foi promover um concurso de talento musical, que resultou na descoberta da cantora Tomoe Ohmi, que ainda ganhou um lugar como apresentadora do programa Anipara Ongakukan no canal Kids Station, junto com Hironobu Kageyama e Masaaki Endoh.

Apaixonada por perfumaria, a cantora ainda lançou seu prórpria linha de cosméticos em 2006, o Unity. Agora os fãs teriam a oportunidade de carregar consigo um pouco do cheiro de Okui.

Self Satisfaction: inclusive a foto de capa foi tirada pela própria cantora.

A cantora respira doçura e bom-humor, tendo tanto carinho por seus fãs como estes tem por ela. Apaixonada por fotografia, ela sempre carrega uma camera fotográfica com ela, chegando a colecionar fotos de paisagens e fãs de todo o mundo. Foi esse seu hobby que compôs o encarte do seu álbum “Self Satisfaction” lançado em 2009, que estampa fotos tiradas por ela mesma. O álbum inclui ainda regravações de músicas que ela compôs para outros artistas, como a música “Divine Love”, composta pra o JAm Project e interpretada por Hiroshi Kitadani.

O trabalho mais recente de Okui é o álbum “i-magination“, uma coletânea de singles e músicas inéditas lançadas em 2 de fevereiro de 2010. Um dos destaques desse trabalho é a música “Miracle Upper” que a cantora gravou junto com a ascendente cantora May’n.

Masami Okui desenvolveu um estilo mais alternativo para compor o encarte do novo CD.

Hoje, a cantora que adora comer Angel Pie e Happy Turn (doces japoneses), beber Megucha (chá de trigo), praticar Aura-Soma (uma espécie de meditação) e visitar a Torre de Tóquio, é uma das cantoras mais consagradas de todo o Japão, seja dentro ou fora do mundo dos animesong’s, sendo que seus álbuns e singles, seja junto com o JAM Project ou em carreira solo, conquistam cada vez mais fãs no Brasil e no mundo.