NEXT CONQUEROR

o blog do Davi Jr.

RESENHA: Batman e Superman: Apocalipse (Warner Premier)

Descobrir quem é você e os porquês de sua existência é uma questão filosófica que rompe as barreiras acadêmicas e se faz realidade em diversos pontos da vida do ser humano, sendo a adolescência a principal delas. Em Batman e Superman: Apocalipse, é a vez de se descobrir quem e porque ser um herói.

Superman_Batman_apocalypse

Não é a toa que Batman, Superman e Mulher Maravilha são os símbolos máximos do tripé que sustenta o universo da cultura dos super-heróis. Enquanto o Homem de Aço e o Homem Morcego se contrapõe com os ideais de razão e emoção que sempre moveu as artes e a literatura, é a crença da princesa de Themyscera que encontra o ponto ideal a disputa de gêneros.

A união dos três heróis, em aborgens bem inteligentes, não poderia formar um filme melhor que Batman e Superman: Apocalipse que apenas peca em seu título: além de cortar a Mulher-Maravilha, ponto-cahve da trama, o título não reflete em nada o seu enredo: o nascimento da Supergirl.

Caída junto de um meteóro em Gothan logo após o impeachmente de Lex Luthor, Kara Zor-El rapidamente aprende a lingua terrestre e passa a ser apresentada a Terra quando Superman descobre que, assim como ele, sua prima foi salva da explosão de Kripton.

Apesar do título, Kara, a Supergirl, é a protagonista do filme.

Apesar do título, Kara, a Supergirl, é a protagonista do filme.

Se a garota logo adota a vida de uma adolescente comum fazendo compras com Clark Kent, Batman não crê que ignorar os poderes de Kara (que potencialmente, segundo o Morcegão, pode superar os de Superman) seja a melhor escolha, o que o faz convocar a Mulher-Maravilha como tutora da garota.

Enquanto decidem o futuro de Kara, que se sente incomodada com a falta de liberdade que ela tem com a decisão de seu destino, Darkseid, o vilão máximo da DC Comics envia um exército de clones do vilão Apokalipse (aquele que matou o Superman, leia a resenha clicando aqui) como isca para raptar a garota kriptoniana.

Com uma animação fluída e original que usa como base os traços do seriado da Liga da Justiça, mas foge do senso comum, se aproximando muito mais do traço de animes, o filme explora muito bem todos os cenários criados, além de dar o peso necessário ao trabalho de cada herói.

Juntar a tríade dos maiores heróis de todos os tempos é sempre sucesso garantido!

Juntar a tríade dos maiores heróis de todos os tempos é sempre sucesso garantido!

A maneira como Kara conhece o mundo dos heróis e o seu medo de se tornar uma “campeã”, como ela chama o primo, faz da essência do filme uma profunda reflexão de como ´o conflito de gerações e como os erros de ambas as partes sempre levam o ser para o melhor caminho quando estes se livram de propósitos egoístas e deixam que o melhor que há em cada um desperte no tempo certo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: