NEXT CONQUEROR

o blog do Davi Jr.

RESENHA: Anime Friends 2012 – JAM Project Latin American Tour Arigato Tomodachi

Lendas, mitos, heróis, sonhos, conquistas, coragem, amizade, histórias, romances, vitórias. Tudo isso está ligado as animesongs, as canções que embalam e tematizam os desenhos animados japoneses e muitas vezes se tornam referência dos mesmos. Trazendo toda essa energia e vibração do Japão, o JAM Project iniciou nesse último dia 15 de julho a Latin American Tour da banda no Brasil, turnê esta que não poderia ter melhor nome senão Arigato Tomodachi.

A décima edição do Anime Friends foi uma das mais marcantes para todos que a frequntaram, tanto pela inadequação do local onde foi reaizado como pela grandiosidade das atrações que integraram o evento.

As atrações internacionais Nobuo Yamada, Takayoshi Tanimoto, Paul Zallon e Kaya junto com todas as bandas, cantores, dubladores e outros grandes nomes que fazem a cultura pop japonesa crescer cada vez mais no Brasil fizeram a cabeça dos visitantes do evento, mas nada foi tão grandioso como o show do JAM Project.

• JAM PROJECT

O JAM Project (Japan Animationsongs Makers Project) é um grupo de cantores formado no Japão em 19 de julho de 2000 por Hironobu Kageyama, Eizo Sakamoto, Ichiru Mizuki, Rica Matsumoto e Masaaki Endoh com o intuito de reunir em uma só banda os maiores cantores de animesongs (temas de desenhos animados e seriados japoneses) em uma só banda em resposta as grandes gravadoras internacionais que começaram a utilizar animes e suas variantes para divulgar  a música de seus cantores em temas que muitas vezes fugiam da temática da animação em questão.

JAM Project em foto para o Symphonic Album Victoria Cross.

A atual formaçãodo JAM Project é:

Hironobu Kageyama: cantor dos temas de abertura de Changeman, Dragon Ball Z, Os Cavaleiros do Zodiaco, Sonic X entre outros. É conhecido como o Príncipe dos Animesong’s e é o líder do JAM Project.

Masaaki Endoh: cantor dos temas de Abaranger, Ecogainder, Street Fighter Victory, entre outros. É conhecido como o Leão dos Animesong’s.

Hiroshi Kitadani: cantor dos temas de abertura de One Piece, Ryukendo, entre outros. Foi o vocalista da banda de J-Rock Lapis Lazuli

Masami Okui: cantora dos temas de abertura de Slayers, Utena, Yu-Gi-Oh, entre outros. É colunista da revista Newtype, uma das mais populare publicações de animação no Japão.

Yoshiki Fukuyama: Cantor dos temas de Macross 7, entre outros. Faz os arranjos em Heavy Metal do JAM Project e já foi o vocalista da banda Fire Bomber. Para se recuperar de um grave problema de saúde, o cantor não pode participar da Latin American Tour.

Ricardo Cruz: Cantor dos temas de abertura brasileiro de Hunter X Hunter e Os Cavaleiros do Zodíaco Hades Inferno. Já foi o vocalista da banda Wasabi, redator da editora Conrad, tradutor de mangás e atualmente é o editor da revista musical Sax.

Ricardo Cruz entrou para a banda em 2004 após um longo concurso mundial.

Como atração principal de todo o evento e grande destaque do segundo fim de semana, os preparativos para o show que a banda realizou no dia 15 de julho para encerrar o Anime Friends 2012 ja começaram cedo, com vídeos da banda falando com o público brasileiro e amostras das músicas durante todos os dias do evento, tanto o público cativo da banda como o público casual esperava muito da apresentação.

Em meio ao show da Banda Wasabi, logo de tarde a euforia dos fãs já começava. As 16h30 começava o Meet & Greet da banda para os mais afortunados que garantiram seu ingresso VIP. Recebidos com grande euforia pelos fãs da fila das fotos e pelos fãs que se acotovelavam nas grades próximas as áreas reservadas para os artistas, Hironobu Kageyama, Hiroshi Kitadani, Masami Okui, Masaaki Endoh e Ricardo Cruz chegaram cheios de energia.

Os fãs brasileiros que participaram ganharam uma pasta autografada dos cantores enquanto tiravam fotos, entregavam presentes e arriscavam algumas palavras em japonês para saudar tamanha felicidade em estar perto dos seus ídolos. Ao mesmo tempo, todos os cinco acenavam, mandavam beijos e agradeciam aos carinhos dos fãs que gritavam em uníssono o nome de cada um dos membros da banda do início até o fim do Meet & Greet.

JAM Freaks: o fã clube oficial brasileiro marcou presença no Meet & Greet.

Logo as 18h muitos fãs já se aglomeraram próximos do palco principal para aguardar o início do show que aconteceria uma hora. Com o logo da Latin American Tour o tempo todo na tela, os músicos da banda começaram a tirar o som dos instrumentos para que pontualmente as 19h, começasse o tão aguardado show.

Com um pouco mais de duas horas de duração, o set-list contou com as seguintes músicas:

1 – Noah
2 – Crest Of Z’s
3 – Vanguard
MC
4 – Break Out
5 – Nageki No Rozario
6 – Garo ~ Savior In The Dark
MC
7 – Waga Na Wa Garo
8 – Shougoshin ~ The Guardian
MC
9 – Rinbu Revolution (Masami Okui)
10 – We Are (Hiroshi Kitadani)
11 – Bakkuryu Sentai Abaranger (Masaaki Endoh)
12 – Cha La Head Cha La (Hironobu Kageyama)
MC
13 – Ki-Zu-Na
14 – Hagane No Resistence
15 – Transformers Evo
16 – Victory
MC
17 – Gong
18 – Rocks
19 – Rescue Fire

ENCORE
20 – Hero
21 – Skill

Titãs no Anime Friends: o palco ficou pequeno para tamanho espetáculo!

Se o aguardo do show já emanava uma vibração dos fãs de fazer inveja a qualquer banda de renome internacional enquanto era exibido um vídeo de abertura do show como a banda sempre faz em seus shows de DVD, a energia que aconteceu ao se iniciar o show explodiu em todos os cantos da Faculdade Cantareira.

Iniciado com três músicas que a banda está trabalhando no Japão e nas suas atuais turnês, todo o público do Anime Friends pôde sentir toda a essência da banda, com o toque forte de Noah, o som lúdico de Crest Of Zs e a mensagem de Vanguard.

J-Rock, progressivo, Rock’n Roll, Heavy Metal para o JAM Project qualquer tipo de classificação não importa, tudo é animesong, e independente de ser no Brasil ou no Japão, a mensagem pode ser entendida por quem for e quando for, desde que as pessoas não deixem de acreditar em seus sonhos.

Tal premissa se seguiu nas canções posteriores, mais conhecidas do público e mais queridas pelos fãs. Se Break Out trouxe todo o espírito da banda para o palco, foi a surpresa de Nageki no Rozario que causou furor, fazendo com que os temas de Garo ganhassem a dianteira quando começaram a ser tocadas.

Durante os MC’s, muitas vezes Kageyama falava sem a ajuda de um tradutor, mostrando que a linguagem dos sonhos trazidos pelos animesongs independem de uma língua ou de uma nacionalidade, é uma energia gigantesca que impele fronteiras e atravessa o mundo para ser ouvida.

As conversas com o público aproximavam artista e fã.

Quando Ricardo Cruz explicou os problemas de saúde que Yoshiki Fukuyama estava passando, obrigando-o a não estar presente na turnê pela América Latina, os fãs brasileiros começaram a gritar seu nome, fazendo com que o próprio Kageyama reconhecesse que tamanha energia dos fãs certamente está dando muita força para o Fire Bomber.

Durante a apresentação solo dos cantores, os fãs brasileiros foram a loucura mais uma vez. Com músicas que já entraram para a cultura otaku de maneira tão performática que é impossível de desvincular, os temas de Utena, Abaranger, One Piece e Dragon Ball Z foram cantados trazendo toda a habilidade e o talento de cada um dos integrantes da banda em suas carreiras solo.

Após a romântica KI-ZU-NA, o JAM Project iniciou uma série de músicas “poderosas” que caracterizam o som da banda fazendo suas canções ecoar por todo o mundo. de Hagane no Resistance até a Rescue Fire, o palco ficou pequeno para tamanha grandiosidade de cada performance. Não eram cantores, mas verdadeiros titãs da música mundial fazendo o que eles sabem de melhor: comover e cativar por meio da melodia de suas vozes.

O Encore encerrou o show de maneira épica! Mesmo sem utilizar a versão que a banda gravou em português, Hero levou a mensagem da criação da banda para os fãs brasileiros. Após isso a música mais emblemática da banda, Skill, elevou o show até o infinito, levando os fãs brasileiros a irem cada vez mais alto nos seus sonhos, voando junto de todos aqueles a quem lhe são importantes e sempre agradecendo ao Senhor Cristo.

Obrigado amigos!

Descrever a Latin American Tour ainda é pouco. É impossível descrever toda a aura que preencheu a pequena Faculdade Cantareira durante a realização do show. Do mesmo modo que o JAM Project e o Anime Friends mostram que não há fronteiras para a cultura pop japonesa no Brasil e no mundo, fãs e artistas se reuniram em ascensão agradecendo uns aos outros pela disseminação da mensagem de coragem, amizade e superação dos animesongs em palavras ditas em japonês, mas ouvidas em todas as línguas: Arigatô Tomodachi.

Fotos por JAM Freaks.

Anúncios

Uma resposta para “RESENHA: Anime Friends 2012 – JAM Project Latin American Tour Arigato Tomodachi

  1. Pingback: RESENHA: Ressaca Friends 2012: com Paul Zaloon, o ator de Beakman e Rica Matsumoto, a cantora de Pokémon « NEXT CONQUEROR

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: