NEXT CONQUEROR

o blog do Davi Jr.

REVIEW: Anime Friends 2011 – dia 10

Local: Rua Chico Pontes, 1500, Vila Guilherme, São Paulo – SP
Quando: Dias 08, 09, 10, 14, 15, 16 e 17 de julho.
Preços: Entrada entre R$20,00 e R$35,00 por dia.
 

Para quem nunca ouviu falar, fica dificil explicar a grandiosidade que se tornou o Anime Friends, evento realizado anualmente pela Yamato Corporation no mês de julho. Igualmente complicado é tentar passar o que é uma edição mais light do evento, assim como foi a que aconteceu no último dia 10 de julho.

Com sua primeira edição em 2003, o Anime Friends é um evento dedicado aos fãs de cultura pop oriental, onde se destacam, principalmente, o anime e o mangá.

Anime (do janponês, アニメ ) é uma palavra derivada do inglês, animation, utilizada no Japão para se referir a qualquer tipo de desenho animado, seja ele nacional ou não. No ocidente, a palavra é comumente utilizada para se referir a animações produzidas no Japão.

Diferente das produções ocidentais, o anime sempre foi voltado para vários públicos, havendo produções voltadas para todas as idades: infantil, adolescente, masculino, feminino, adulto e até de conteúdo erótico.

Com uma bandeira ao alto, o Anime Friends podia ser visto de longe.

Na terra-do-sol nascente, o sucesso dessas animações geralmente tem início nos mangás. Mangá (do janponês, 漫画 ) é a palavra japonesa para histórias em quadrinhos, seja lá qual for a sua procedência. No ocidente a palavra é utilizada para se referir a este tipo de produção de origem japonesa.

Tendo em vista que o japonês é o povo que mais lê no mundo, não é de se estranhar que todos os gêneros de quadrinhos também existam. Estima-se que mais de 90% da população japonesa tem o hábito de ler mangás.

O segmento de animações japonesas ganhou grande projeção no Brasil nos anos 90 com a febre causada pela exibição de Os Cavaleiros do Zodíaco pela Rede Manchete. Sozinha, a atração trouxe uma avalanche de produtos licenciados e de quebra mostrou o potencial do Brasil para o segmento.

Poucos anos após o fim da exibição de Cavaleiros, o primeiro evento voltado para esse público foi realizado em São Paulo e aos poucos foi e espalhando por todo Brasil.

O mercado se intensificou ainda mais com a grande investida da Conrad Editora em investir pesado em quadrinhos japoneses, os mangás, trazendo Dragon Ball Z e (de novo eles) Os Cavaleiros do Zodíaco, pela primeira vez em formato oriental para o Brasil nos anos 2000.

Com animes e mangás dando audiência na TV e rendendo muitas vendas para as editoras, o Yamato Corporation percebeu o mercado ideal para fazer dos eventos já realizados por outras empresas algo muito maior do que o formato dos já existentes.

Assim nasceu o Anime Friends, primeiro evento do segmento de animes e mangás realizado pela Yamato Eventos que trazia pela primeira vez no Brasil um cantor japonês (não coincidentemente o intérprete de Os Cavaleiros do Zodíaco e Dragon Ball Z). A vinda de Hironobu Kageyama ofuscou todos os outros eventos tradicionais agora concorrentes da Yamato e a empresa se tornou logo com seu primeiro evento, a líder de mercado deste segmento de eventos.

Seja no Japão ou no Brasil: o fã começa a gostar de animes e mangás logo cedo e leva isso para toda a vida.

Em 2011, a Yamato realizou a 9ª edição de seu maior evento. E o dia 10 pode-se dizer que o foi o domingo mais calmo de todos as edições.

Mesmo sendo o último domingo do evento o dia caracterizado por filas gigantes, super-lotação de visitantes e disputa de espaço para compras nos estandes e participações nos concursos, desde que o evento ganhou seu segundo fim-de-semana de relização, o domingo sempre costumou ser bastante agitado. Mas dessa vez a coisa pareceu diferente.

Apesar da nítida presença de muito público, este parecia estar muito bem distribuído em todas as áreas temáticas do Mart Center. E mesmo aqueles que temiam por uma drástica redução de espaço para área de circulação se surpreendeu com a área disponível.

Os temores quanto ao espaço começaram quando a Yamato Eventos anunciou que a trdicional área de salas temáticas não estaria presente na edição de 2011. Somando que a empresa, diferente de 2010, não havia mencionado a presença das três áreas temáticas (Asian Fest, Comic Fair e SP Game Show) que fizeram total diferença na 8ª edição do evento (clique aqui para conhecer), as expectativas dos fãs do evento não eram as melhores.

Porém, quem visitou o evento no seu primeiro fim de semana pode ver que o espaço disponível teve uma redução muito baixa de espaço, sendo que a maioria das atrações do ano anterior também estavam presentes.

ESTANDES

A área para estandes foi divida em dois galpões do Mart Center, uma voltada para grandes empresas e outra estandistas comuns.

A área para grandes empresas eram em sua maioria voltada para empresas de games, sendo que os estandes da Level Up Games e do Mundo Saga mereceram total destaque, com uma área gigantesca produzida para testes de games, máquinas de pinball, promoções e divulgações.

Outra menção que vale a pena ressaltar foi a presença do estande da Copag. Pela primeira vez no evento, a Copag trouxe até o Anime Friends uma área toda voltada as estampas ilustradas de Pokémon, agora traduzidas e fabricadas por ela no Brasil. Além de uma área bem atrativa, o estande ainda contava com diversas promoções e áreas para mini-torneios durante todo o dia.

A área de estandistas comuns apresentou város pontos para compra de acessórios, miniaturas, chaveiros e demais produtos voltados  a cultura pop oriental. Aparentemente, a quantidade de estandistas diminuiu em comparação com o ano passado, já que muitos estandistas cativos (como a Kabuki-Art) não estavam presente. A área ainda dividia o espaço com o palco Animekê (tradicional concurso de karaokê com músicas tema de anime e outros), trazendo um pouco de interação com o público.

Waldyr Santanna e Selma Lopes fizeram a alegria dos fãs d'Os Simpsons.

COSPLAY E PRESS START

O Palco Cosplay e a área para os campeonatos de games são sempre uma atração essencial para o evento. Desta vez, o palco Cosplay estava junto com a área para fanzines e o disputado estande da Comix Book Store, que pela primeira vez não estava tão disputado assim.

No Palco Cosplay ainda ocorreu no dia 10 uma entrevista com os dubladores Waldyr Santanna e Selma Lopes, os astros por traz das vozes de Homer e Marge Simpson. A dupla fez a alegria de todo o público com as suas interpretações mais queridas e Waldyr Lopes ainda emocionou a todos contando a sua luta judicial contra a distribuidora d’Os Simpsons no Brasil para que ele volte a dublar o seu personagem mais famoso, que já não o faz há três temporadas.

O Press Start dividia espaço com estandes medievais e os demais jogos do evento, como a batalha campal e a área de PaintBall. Apesar de um pouco escondido, se comparado aos galpões das outras atrações e com um espaço bem vazio, que poderia estar sendo usado para as atrações do Asian Fest (que ficaram de fora do evento, com excessão das comidas típicas que foram acopladas a praça de alimenação), já que este era o espaço dele no ano anterior, os campeonatos fizeram mais uma vez a alegria dos competidores, com prêmios bem atrativos, como Playstations 3 e Nintendo 3DS’s.

SALAS TEMÁTICAS

Apesar de estarem quase fora do evento neste ano, a Yamato Corporation conseguiu acoplar ao evento as tão queridas salas temáticas no mesmo prédio que na edição anterior. Diferente da maioria das atrações, as salas temáticas foram as que mais se aproximaram do evento anterior, já que era o único galpão (junto com o galpão de grandes empresas) do Mart Center que estava realmente todo ocupado, preenchendo cada espaço do local com atrações para o visitante.

Circulando por todo evento ainda era possível ver atrações diversas, como o palco de luta livre BWF, os pontos de venda da Umai, com seu badalado Mupy e uma infinidade de cosplayers que posavam para as cameras e fãs mais entusiasmados.

O Comics Cosplay Br fez a alegria do público nos corredores de acesso ao galpões.

ENFIM

Para a alegria de todos os otakus, o evento não teve uma área reduzida tão drásticamente, acomodando muito bem a todos os visitantes do dia 10. O corredor central entre os galpões é perfeito para a circulação e localização das atrações.

Mas a organização das atrações foram um prejudicadas com a saída das áreas temáticas do ano anterior, deixando atrações similares, como o Press Start e as empresas de games, ou os fanzines e o estande da Panini, muito distantes uma das outras. Apesar da presença dos dubladores, era nítida a falta de mais profissionais da área, cartunistas, animadores, designers, programadores e outros dando workshops e palestras.

Outro ponto a se observar foi a quantidade de pontos vazios que poderiam ser melhor ocupados com as atrações cortadas do Asian Fest ou para ampliar a praça de alimentação, que estando alocada no principal corredor que dá acesso ao palco principal, dificilmente vai acomodar todo o público do segundo fim de semana, seja pela baixa quantidade de mesas e cadeiras, como por estar com um baixo espaço para filas ou qualquer outro tipo de organização momentânea que uma barraca de alimentação necessite.

Enfim, o primeiro domingo do Anime Friends foi o domingo mais light já visto em um Anime Friends. Um dia com atrações básicas em grande quantidade, um pouco disperças, mas presentes. O que faltou poderia facilmente ser encaixado nas áreas livres que o Mart Center oferecia. O dia 10 agradou, mas não teve cara do maior evento multitemático da América Latina. Se não estivessem presentes as mega-áreas da Saga, Level Up, Panini e Copag, o evento poderia ser facilmente comparado a um dia comum, num evento de anime comum.

E ATENÇÃO: o próximo post trará um review do Super Friends Spirits, a principal atração do evento, que levou ao palco no dia 10 de julho o cantor Akira Kushida e a dupla Psychic Lover.

Anúncios

4 Respostas para “REVIEW: Anime Friends 2011 – dia 10

  1. Felipe julho 13, 2011 às 1:03 am

    Foi muito bacana o evento! xD

  2. Pingback: REVIEW: Anime Friends 2011 – dia 17 « NEXT CONQUEROR

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: