NEXT CONQUEROR

o blog do Davi Jr.

Review: Diário de uma Paixão

Título original: The Notebook
Elenco:
:James Garner, Gena Rowlands (Allie Hamilton) Rachel McAdams, Ryan Gosling, Heather Wahlquist.
Direção: Nick Cassavetes
Gênero: Romance
Duração: 121 min.
Distribuidora: Playarte Pictures
Ano: 2004

São poucas as pessoas que tiveram o privilégio de observar o nascer-do-sol. Estranho? Mesmo se repetindo dia após dia, como algo tão simples poderia passar despercebido?

Num primeiro momento pode parecer tudo muito simples. A noite acaba, o dia chega e traz com ele a luz do astro. E todo mundo concorda com isso.

O fenômeno é atropelado por tantas horas, compromissos, cansaços e desavenças que são raros os corações que passam a se surpreender com um dos momentos mais inocentes do dia.

Apenas os olhos mais sensíveis já viram o verdadeiro nascer do sol. Apenas o observador mais atento conhece seu primeiro rastro de luz, o fio de energia que ilumina cada face e desperta os mais puros e ardentes desejos.

Se até agora tudo isso é algo que você conhece, você sabe quais os sentimentos que percorreram Noah Calhoun (Ryan Gosling) e Allie Hamilton (Rachel McAdams) num caloroso verão dos anos 40. Se o que você quer é viver essa experiência, um bom começo é assistir ao filme “Diário de Uma Paixão”.

"Eu posso ser o que você quiser".

O filme conta como o primeiro raio de um nascer do sol encontrou a vida de um jovem casal. Ela, uma pintora de quadros filha de uma rica família nobre da cidade. Ele, um pacato marceneiro do campo que não tem aonde cair morto.

Envoltos pelos preconceitos, preceitos e pressões sociais de uma época de tensão nos EUA, o romance não dura muito e Allie é levada para uma universidade em Nova York por seus pais, enquanto Noah é levado como soldado para os campos de batalha da II Guerra Mundial.

Este parece até ser mais um romance hollywoodiano comum, porém a história é mais envolvente do que aparenta, já que o início do filme não é o típico encontro do casal.

Antes do tempo se remeter ao casal nos anos 40, somos apresentados a um Noah Calhoun (James Garner) já idoso, contando sua história de amor a outra senhora idosa com problemas mentais numa clínica geriátrica. Trata-se da própria Allie Hamilton (Gena Rowlands), que sofre com uma doença que causa o esquecimento.

Através de um diário escrito pela própria Allie, Noah vai contando o drama que ambos passaram para que, ao menos, consiga um momento de lucidez instantâneo de seu amor, onde possam recordar os bons momentos em que estiveram juntos.

"- E o que vai acontecer quando eu não me lembrar de mais nada?" "- Eu vou continuar aqui."

Sob a direção de Nick Cassavetes, o filme já pode ser considerado um marco na história do cinema mundial, conseguindo inovar e comover com uma fórmula que se renova a cada nova boa produção: uma história simples aliada a personagens cativantes e um enredo inteligente.

A história é tão envolvente que suas duas horas de duração passarão como um instante para o espectador, tão rapidamente como é o nascer-do-sol visto pelos olhos mais inocentes.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: