NEXT CONQUEROR

o blog do Davi Jr.

Pegasus Fantasy – Nasce uma lenda

Com a enorme perda do falecimento de Hiroaki Matsuzawa no fim de 2010, fiquei pensando em diversas maneiras de homenagear este ícone da música japonesa e ao mesmo tempo levar algo de novo para o leitores do blog. Assim, surgiu a idéia de criar uma série de posts contando um pouco da história da composição do autor que mais repercutiu pelo mundo: nada mais, nada menos que a abertura de Os Cavaleiros do Zodíaco, Pegasus Fantasy.

O anime

A produção da animação de Os Cavaleiros do Zodíaco nos anos 80 foi guiada pela força de diversas forças que contribuiram para o seu sucesso. Com o potencial de vendas de bonecos com amaduras de metal vislumbradas pela Bandai nos quadrinhos de Masami Kurumada e com a Toei Animation interessada em produzir o anime (c0m o traço de Shingo Araki e Michi Himeno, trilha sonora de Seiji Yokoyama e direção de Kozo Morishita), faltava apenas uma peça do quebra-cabeça para gerar o sucesso gerado pelos seus idealizadores: os temas de abertura e encerramento.

Antes do anime ir para a TV, já estava tudo arranjado, so faltava o tema de abertura.

Nos anos 80, o rock ‘n roll japonês começava a sair de suas fronteiras e atingir o público ocidental, trazendo com ele novidades que influenciariam tanto o visual de novas bandas, como seu som mais pesado. Um dos ícones dos anos 70 e 80 desse gênero, foi a banda MAKE-UP, formada em1977, por Nobuo Yamada (Vocalista), Hiroaki Matsuzawa (Guitarrista), Yougo Kouno (Tecladista), Yasuyoshi Ikeda (Baixista) e Yoshihiro Toyokawa (Baterista).

A banda estourou no Japão rapidamente logo após a sua formação, já tendo 6 álbuns lançados em 1986. Além de ter caído no gosto do público e da crítiica, a banda ainda foi uma das responsáveis por iniciar a construção do gênero hoje conhecido como j-rock. Confira abaixo um video com a banda cantando Love & Hate nos anos 80:

Para se aproveitar de uma tendência que vinha crescendo no mercado de discos, os produtores da Toei Animation convidaram Nobuo Yamada e a banda Make-up para compor e interpretar as músicas de abertura e encerramento de Os Cavaleiros do Zodíaco (Saint Seiya, originalmente).

Como era de praxe na banda, a composição ficou a cargo de Hiroaki Matsuzawa, membro fundador (junto de Nobuo Yamada), guitarrista e autor da grande maioria da músicas da banda. Porém, a história do mangá ainda estava em desenvolvimento, já que a animação começou a ser produzida logo após o início do mangá em 1986, por isso as canções desenvolvidas buscaram ressaltar apenas enredo básico do mangá de Masami Kurumada, utilizando as constelações, lutas com armaduras, mitologia grega e os sonhos de um garoto como inspiração para a criação da letra da música. Surgia então a Pegasus Fantasy.

A letra

• PEGASUS FANTASY

Dakishimeta kokoro no kosumo
Atsuku moyase kiseki wo okose
Kizutsuita mama ja inai to
Chikai atta haruka na ginga

Pegasus fantasy sou sa yume dake wa
Daremo mo ubaenai kokoro no tsubasa dakara
Saint seiya! shounen wa minna
Saint seiya! ashita no yuusha, Oyeh!
Saint seiya! pegasus no you ni
Saint seiya! ima koso habatake

Dokomademo kagayaku sora ni
Omae dake no seiza wo mezase
Sono hi made makerarenai sa
Inochi kakete idonda battle

Pegasus fantasy! dare mo ga yume miru
Jiyuu to iu tsubasa hiroge kakete yuke
Saint seiya! shounen wa minna
Saint seiya! kodoku na senshi, Oyeh!
Saint seiya! pegasus no you ni
Saint seiya! ima koso habatake

Pegasus fantasy sou sa yume dake wa
Daremo mo ubaenai kokoro no tsubasa dakara
Saint seiya! shounen wa minna
Saint seiya! ashita no yuusha
Saint seiya! pegasus no you ni
Saint seiya! ima koso habatake

Nobuo Yamada é o vocal de Pegasus Fantasy e Hiroaki Matsuzawa, o guitarrista e compositor.

A tradução

• FANTASIA DE PÉGASUS

Queime meu cosmo que vem do coração
E faça milagres acontecerem
Você jurou jamais ser ferido
Cada um na sua constelação

Fantasia de pégasus, são sonhos?
Pois são as asas do seu coração
Saint Seiya são todos jovens
Saint Seiya heróis do amanhã
Saint Seiya como pégaso
Saint Seiya agora, abra suas asas!

No brilho do céu, só preste atenção nas estrelas
Que formam a constelação
Até esse dia não podemos ser derrotados
Na batalha onde arriscamos nossas vidas

Saint Seiya são todos jovens
Pois são as asas do seu coração
Saint Seiya são todos jovens
Saint Seiya heróis do amanhã
Saint Seiya como pégaso
Saint Seiya agora, abra suas asas!

Fantasia de pégasus, são sonhos?
Pois são as asas do seu coração
Saint Seiya são todos jovens
Saint Seiya heróis do amanhã
Saint Seiya como pégaso
Saint Seiya agora, abra suas asas!

E o resultado final

Assim como o Make-Up teve de criar uma letra não muito aprofundada da história do anime, a Toei Animation criou um video que apenas sondasse o que há por trás da história que seria contada. Nele, é mostrado Seiya e os outros nove cavaleiros de bronze que lutaram na Guerra Galáctica (primeiro arco da história) em batalhas genéricas contra guerreiros rasos do Santuário, algumas demonstrações de força do protagonista e algumas sequências com personagens e vilões que até então já tinham dado as caras no mangá.

Tanto a música como o video foram bem recebidos pelo público e até hoje é um dos grandes ícones de Os Cavaleiros do Zodíaco. Talvéz, se a letra tivesse se aprofundado demais na historia, ela não se tornaria tão marcante quanto é para os fãs da série, já que são as metáforas e as demais figuras de linguagem presentes na músia que a tornaram tão original no mundo dos animesong’s.

Outro diferencial da música é o seu solo de guitarra, admirada por muitos como o melhor solo de um animesong já produzido. O autor deste solo também é o importal Hiroaki Matsuzawa, que mesmo num animesong pode marcar muito bem o estilo j-rock que estava se desenvolvendo no Japão nos anos 80.

Pegasus Fantasy é um marco não só para o Make-Up, que viu uma de suas composições sendo executadas todos os dias na TV, mas também para história dos animesongs. Pela primeira vez, um gênero tão popular como o J-rock foi levado para uma animação, atraindo tanto os fãs do gênro musical para assistir a produção como levando os espectadores do desenho animado para o gênero da música. Assim, Pegasus Fantasy marca o amadurecimento de um gênero e a multipluralidade do público-alvo de animação japonesa conseguida por Saint Seiya.

Voando nas asas do Pégaso

O Make-Up não apenas gravou a abertura do anime, mas também seu encerramento e diversas outras músicas ao longo da primeira saga do anime. Isso gerou dois discos gravados pela Columbia Records apenas com as músicas que a banda fez para a animação, Saint Seiya Hits I e Saint Seiya Hits II. Em ambos os discos, a banda contou com a participação da cantora Mitsuko Horie (considerada a rainha dos animesong’s e esposa de Ichiro Mizuki) que chegou a cantar junto com a banda a música Friends in the Sky:

1. Pegasus Fantasy
2. Can’t Say Good Bye
3. Friends in the Sky
4. Love Fighter
5. Final Soldier
6. Remember
7. I Am Fight
8. Beautiful
9. Stardust Way
10. Blue Forever

1. Overture
2. Diamond Dust
3. Golden Heart
4. Lullaby
5. Stop the Fate
6. Nebula Chain
7. You Are Phoenix
8. Dragon Blood
9. We’re Fearless Warriors
10. Termination

Pegasus Fantasy Full

Diferente do Brasil, onde as músicas são apenas adaptadas de suas vesões originais, rendendo pouco tempo de música, as músicas de anime no Japão são produzidas “cheias”, ou seja, geralmente com mais de três minutos, com conteúdo bem maior do que aquele que é editado para a versão de 1 minuto e meio da TV. Assim, para finalizar a primeira parte do artigo sobre a Pegasus Fantasy, nada melhor que ouvi-la em sua versão cheia:

> Próximo post: Pegasus Fantasy e suas versões pelo mundo.

Anúncios

Uma resposta para “Pegasus Fantasy – Nasce uma lenda

  1. Ryuunoshin julho 24, 2012 às 4:11 pm

    Sobre a banda Make-Up, foram realmente uma grande banda, de grande fama no japão, foram sim um MARCO na história do Rock/Metal japonês, porém não foram responsáveis por nenhum movimento dentro do J-Rock, até porque andavam com a “galera do METAL”, já viam seguindo influências de dentro e de fora do japão, porém tocavam e fizeram um som bem peculiar. E um dos motivos de Saint Seiya ter estourado foi pegar carona na fama da banda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: