NEXT CONQUEROR

o blog do Davi Jr.

REVIEW: Super Friends Spirits 2010 – dia 18

Sem dúvida alguma, a principal atração do dia 18 do Anime Friends 2010 foi mais uma vez o show de encerramento com os artistas internacionais, o Super Friends Spirits 2010. E, do mesmo jeito dos anos anteriores, a falta de informação sobre quem iria se apresentar se repetiu entre os visitantes.

Mesmo com o atraso de divulgação em seus veículos oficiais, a imprensa especializada em cultura pop japonesa e as redes sociais passaram a divulgar largamente o show e as artistas, mas a maioria de fãs presentes não fazia a mínima idéia que quem subiria no palco para encerrar o evento, apenas esperavam ver os hits mais famosos do mundo dos anime e mangás interpretados no gigante palco que a Yamato montou.

O fato é: apesar de numerosos, os fãs de animação tem um conhecimento muito ralo sobre os cantores de animesog’s, não procuram extender-se nesse universo, mas cobram a interpretação de Chala Head Chala no fim do evento.

Felizmente, a Yamato Corp percebeu isso após o fiasco do Super Friends Spirits de 2009 e montou um show que agradou gregos e troianos.

Batizado em homenagem aos grandes festivais japoneses de animesong’s (o Super Hero Spirits e Animelo) o Super Friends Spirits foi realizado também nos dois fins de semana (confira o review do dia 11 aqui) sendo que o dia 18 foi estritamente feminino, trazendo as cantoras Chihiro Yonekura, Misato Aki, Minami Kuribayashi e a dupla Piyo Rabbie.

• PIYO RABBIE
Famosa na região de Akihabara, a dupla PIYO RABBIE é formada por Sunao Yoshikawa e Namihe Usagino, integrantes do grupo Dear Stage. Seu single recentemente lançado conquistou 15º lugar na venda diária do Oricon (ranking dos discos mais vendidos no Japão) e o 1º lugar no ranking semanal de venda do mesmo. Atualmente a dupla realiza o chamado de “Ota-gei” (algo como “Arte de Otaku”), que são performances diferenciadas visando o entretenimento do público. Pela sua originalidade, a dupla é constantemente chamada para lecionar este tipo de performance também. No palco do Cofesta in Brasil, o PIYO RABBIE vem trazer um pouco de Akihabara para os brasileiros!

A "Arte Otaku" no Anime Friends 2010!

• MINAMI KURIBAYASHI
Nascida em Shizuoka, no dia 11 de Junho de 1976. Dubladora, ficou conhecida pela voz de Suzumiya Haruka, do anime Kimi ga Nozomu Eien, ainda inédito no Brasil. Além da dublagem, Minami Kuribayashi também atua como cantora, participando, inclusive, de grupos com outras famosas cantoras. Tem mais de 20 singles lançados e 5 álbuns e foi com a música de abertura Tsubasa wa ~Pleasure Line~, do anime Chrono Crusade que a fez famosa. Neste ano, se prepara para visitar o Brasil pela primeira vez, convidada pelo Anime Friends, e tocar seus principais sucessos no Palco Principal!

Pela primeira vez no Brasil, a cantora promete emocionar o público.

• MISATO AKI
Também uma cantora de j-pop, a cantora ficou conhecida internacionalmente graças as músicas ”Kimi ga Sora datta” encerramento do anime Mai Hime, que também é o nome do primeiro CD profissional da cantora, lançado em 2004  e “Scarlet Bomb!” abertura do anime Neddless. Já esteve no Brasil em 2008, quando se apresentou modestamente junto com os integrantes do JAM Project.

Aki Misato terá uma participação mais privilegiada dessa vez.

• CHIHIRO YONEKURA
Após inúmeras tentativas fracassadas de gravar um CD mandando suas músicas para grandes gravadoras japonesas quando ainda estava na universidade, Chihiro Yonekura teve sua grande oportunidade de estreiar na indústria fonográfica nipônica quando foi convidada a cantar a abertura de Mobile Suit Gundam: The 08th MS Team, “Arashi no Nakade Kagayaite”. A partir daí, seus principais trabalhos sempre foram destinados aos animesong’s. Um dos destaques é o seu album de covers, onde ela interpretou Zankoku na Tenshi na Teeze.

Chihiro brilha a cada novo trabalho envolvendo animesong's.

O show teve aproximadamente uma hora e meia de duração e contou com o seguinte set-list:

01 – Piyo Rabbie: Chala Head Chala
02 – Chihiro Yonekura: Will
03 – Misato Aki: Blood Queen
04 – Minami Kuribayashi: Precious Memories

MC

05 – Piyo Rabbie: Go
06 – Piyo Rabbie: Houki Boshi
07 – Misato Aki: Kimi ga Sora Datta
08 – Misato Aki: Here I am
09 – Chihiro Yonekura: Yakusoku no Basho e
10 – Chihiro Yonekura: Eien no Tobira
11 – Minami Kuribayashi: Yell!
12 – Minami Kuribayashi: Dream Wing

ENCORE
13 – Piyo Rabbie: Pegasus Fantasy
14 – Minami Kuribayashi: Tsubasa Wa ~Pleasure Line~
15 – Misato Aki: Shoujo Meiro de Tsukamaete
16 – Chihiro Yonekura: Arashi no Naka de Kagayaite

MC – ENCERRAMENTO

OS DOIS LADOS DA MOEDA

Há duas exigências básicas facilmente notada dos fãs que vão ao Anime Friends esperando um grande show com artistas internacionais: as dos fãs de animesongs e a dos fãs de animesogers.

De um lado, há uma gama de fãs de animesong’s que esperam religiosamente que as mesmas músicas do ano passado sejam interpretadas novamente. Esses fãs não se importam com quem está no palco, apenas desejam que seus temas favoritos sejam interpretados num mega palco e que as enormes caixas de som ressoem bem alto o nome de seu herói favorito. Muitas vezes esses fãs nem sabem quem é o cantor em questão, não conhecem sua carreira e dificilmente reconheceriam o cantor original de um cover.

Do outro lado, há uma parcela de fãs em menor número que é apaixoada por diversos segmentos da cultura japonesa e aos poucos foram conhecendo e se tornando fãs dos animesongers, os interpretes dos temas dos animes. Nesse grupo, muitas vezes acontece o reverso: talvéz o anime não seja de seu conhecimento, mas o cantor e a música eles conhecem, sabem cantar de cor e ainda esperam uma canção mais inovadora.

Esses dois grupos não são únicos ou mesmo absolutos. Numa “tribo” urbana tão rica e variada como são os otakus, variações ão faltam, do mesmo jeito, um ser tão diverso como é o ser humano, torna-se impossível limitar um jovem otaku a esses dois lados formulados acima. Por outro lado, essas classificações durkheinianas servem como um guia para se entender o que aconteceu no Super Friends Spirits 2010.

Aki Misato já havia passado pelo Brasil em 2008, mas neste ano sua apresentação superou as expectativas .

UMA SURPRESA

Pois bem, quase todas as atrações do evento já se encerraram e os fãs querem voltar para casa com a máxima experiência do evento: o Super Friends Spirits. Todos no palco para contempla-la.

No dia 18, dia mais lotado do evento (veja review aqui) área para os fãs assistirem o show estava bem mais vazia que nos anos anteriores, visualmente avaliando, podia-se dizer que capacidade total estava pela metade. E não é para menos, após as mancadas dos aos anteriores que contam com um show em playback do JAM Project (a maior banda de animesong’s da história) em 2008 e um fiasco de show em 2009, que além de curto trouxe cantores muito restritos em suas performances, muitos visitantes do Anime Friends começaram a tirar o crédito da grande atração do evento.

Após a banda Wasabi abrir o show com Zakoku na Tenshi no Teeze, subiu ao palco as primeiras atrações da noite, que para espanto geral não estava anunciada como parte integrante do Super Friends Spirits, a dupla Piyo Rabbie.

Anunciada como um show a parte, a dupla de covers começou com Chala Head Chala, tema de abertura de Dragon Ball Z. Muita gente se perguntava se o Super Friends Spirits realmente havia começado, já que se esperava, por mais tarde que fosse o show, que a dupla de Akihabara se apresentasse antes do show principal.

Com a entrada de Chihiro Yonekura cantando Will logo após a saída das Piyo Rabbie, tudo se confirmou: as dupla cover integraria o último show junto das outras três cantoras.

A dupla Piyo Rabbie agitou a noite!

PARA HOMEM NENHUM POR DEFEITO

Não só Chihiro Yonekura, mas Minami Kuribayashi, Misato Aki e as próprias Piyo Rabbie derão um show de simpatia e bom humor. Apesar de a grande maioria dos fãs presentes não conhecerem metade das músicas, o carisma das cantoras japonesas fizeram toda a diferença no show, estimulando a todos ficarem para contemplar sua performance.

Alegria é a palavra que mais caracteriza o show do dia 18. As cantoras pareciam não acreditar no que viam: milhares de pessoas se divertindo com suas músicas, seguindo suas coreografias e respondendo a todos os acenos, agrados e sorrisos que as cantoras transmitiam ao público.

Quando Misato Aki cantou Blood Queen, uma da músicas mais agitadas do show, a cantora parecia não acreditar que do outro lado do mundo haviam tantas pessoas que poderiam estar num show dela.

A felicidade de Chihiro Yonekura era tão grande que podia ser sentida do Japão!

OS OVOS DE OURO DA YAMATO

Mas o destaque geral foi das Piyo Rabbie. “Se é para ver cover, prefiro ver cover brasileiros” poderiam ter reclamado os fãs mais puristas, mas não teve quem não se divertiu com as performances da dupla de Akihabara, afinal, show de animesongs sem músicas de Hironobu Kageyama ou Nobuo Yamada não é show de animesong (pelo menos no Brasil).

Yonekura, Aki e Kuribayshi agradaram seus fãs no Brasil, trouxeram inovação e qualidade ao Super Friends Spirits, mas foram as Piyo Rabbie que fizeram do show um verdadeiro sucesso.

Se não fossem elas, mais da metade dos fãs que assisitiam ao show teriam desistido logo na metade, mas a esperança em ouvir algum hit mais atual motivou a maioria dos fãs que não conheciam as outras três cantoras a ficar na área do show.

Uma das coisas mais interessantes da performance das duas foi o “efeito Pegasus Fantasy“. Quando a dupla entrou no palco para interpretar a abertura d’Os Cavaleiros do Zodíaco, a área do show encheu. Não haviam mais espaços vazios, nem buracos para mochilas. Todos se aproximaram o máximo possível do palco para ouvir o maior hit japonês já vivido em terras brasileiras.

Com o sucesso das Piyo Rabbie no Super Friends Spirits 2010, a Yamato finalmente conseguiu seus ovos de ouro. Sempre que quiser inovar e trazer artistas mais desconhecidos do grande público, como foi nessa edição do evento, basta encaixar as Piyo Rabbie e agradar fãs de animesongs e fãs de animesongers.

E com o contrato do Yamato Corp com o Avez Group (gravadora japonesa das Piyo Rabbie), as apresentações de seus cantores no Brasil serão muito mais frequentes, e com o sucesso das Piyo Rabbie no CoFesta e no Anime Friends, elas estarão sempre no topo de prioridades. Não duvido que elas tenham mais fãs no Brasil que o Japão daqui a alguns anos.

Pegasus Fantasy foi o ponto alto do show!

E O ENCERRAMENTO?

Pegasus Fantasy foi a última música das Piyo Rabbie. A música ainda conseguiu prender muitos fãs para ouvir Minami Kuribayashi cantando Tsubasa Wa ~Pleasure Line~, tema de abertura de Chrono Crusade, anime de relativo sucesso no Brasil graças ao mangá publicado por essas bandas pela Editora Panini.

Minami Kuribayashi trouxe Tsuabasa Wa ~Pleasure Line~ para o palco principal.

O encerramento ainda teve Misato Aki cantando Shoujo Meiro de Tsukamaete e Chihiro Yonekura cantando Arashi no Naka de Kagayaite.
Infelizmente, a organização do evento cometeu um grave erro nesse encerramento. Como é de praxe, todos os anos o evento só acaba após todos os cantores do Super Friends Spirits se unirem ao palco para cantar um super hit juntos. Mas não foi o que aconteceu nesse ano.

Apesar do coro pedindo “Evangelion” (no caso, pedindo para que elas voltassem e juntas cantassem Zankoku Na Tenshi no Teeze), a música não aconteceu. Ao invéz disso, a mestre de cerimônias do evento se despediu de todos e de última hora (quando todos já estavam de costas para o palco) chamou todo mundo de volta para um último bate-papo com as cantoras (MC). Uma tremenda falta de respeito com o público ou, no mínimo, uma grande falta de organização do evento.

Apesar do bate-papo refletir o mesmo carisma e carinho das cantoras para com o público, este não recompensou os fãs com a música tão aguardada.

Esse encerramento fez com que a Yamato perdesse a oportunidade de “fechar o show com chave de ouro” e perdesse mais uma oportunidade de atrair mais fãs para a atração que fez do evento o sucesso que ele é hoje.

O último "tchau" do Super Friends Spirits mais feminino da história!

Em si, o show foi muito bom, agradou a gregos e a troianos, aqueles que apenas queriam ouvir seus temas favoritos e aqueles que esperavam novidades, ficou com um ar de que faltou algo. Algo que pode facilmente ser preenchido no ano que vem se o Super Friends Spirits resgatar um pouco de sua essência para ser realizado. Algo simples, fácil e que agrada.

*Fotos por NNNery

VÍDEOS

Confira a seguir vários vídeos do Youtube que trazem videos capturados por camera caseiras por fãs. O áudio e o video não estão lá grande coisa, mas dá para sentir um pouco do gostinho do show.
Piyo Rabbie – Chala Head Chala

Piyo Rabbie – Go!!!

Piyo Rabbie – Houki Boshi

Piyo Rabbie – Pegasus Fantasy

Chihiro Yonekura – Will

Chihiro Yonekura – Arashi no Naka de Kagayaite

Chihiro Yonekura – Eien no Tobira

Minami Kuribayashi – Precious Memories

Minami Kuribayashi – Tsubasa wa ~Pleasure Line~

Misato Aki – Kimi ga Sora datta

Aki Misato – Shoujo Meiro de Tsukamaete

Aki Misato – BLOOD QUEEN

Anúncios

5 Respostas para “REVIEW: Super Friends Spirits 2010 – dia 18

  1. Deka Iruka julho 26, 2010 às 7:30 pm

    Nossa eu só sei q a Piyo Rabbie me impressionaram ainda + pq eu só fui no show pra ver a Chihro Yonekura.
    Eu chorei quando ela cantou Will foi lindo.
    mas eu esperava + do show da 2ª semana show da primeira semana foi mto mto melhor

    • nextconqueror julho 26, 2010 às 7:40 pm

      Concordo plenamente. Fui no show só pra ver a Minami Kuribayshi e as Piyo Rabbie fizeram do show algo muito mas legal!

      Mas o Super Friends Spirits do dia 11 foi bem melhor, tanto em performances quanto em seleção de músicas ^^v

  2. Macacão Sapão julho 27, 2010 às 12:38 am

    Cara, sem querer ser chato, mas…

    Vc trocou as fotos da Chihiro Yonekura com a Aki Misato, hehehe.

    E o show do JAM não foi playback, foi karaokê. Playback quer dizer que as vozes deles também seriam do CD, não o que eles cantam nos microfones.
    (Pelo menos essa é a definição de playback q eu sempre usei… posso estar errado, se eu estiver, malz aí ;))

    E na parte em q vc fala do dia 18, vc põe “veja review aqui”, mas tá sem link 😉

    Enfim, só uns toques aí. foi mal se eu estiver errado com a história do playback.

    Falowz e JAM ON!

    • nextconqueror julho 30, 2010 às 8:03 pm

      Valew pelos toques Macacão ^^v

      As legendas já estão corrigidas e o link já foi adicionada.

      Quanto a palavra “playback“, eu vou deixar o termo na matéria. Eu dei uma pesquisada e deu para verificar que o termo se refere tanto quando o cantor utiliza a sua voz como quando não a faz. Playback seria o som gravado utilizado. Veja aqui e aqui.

      ^^v

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: